04.04.2018 - UNESCO Office in Brasilia

Bumba meu boi dá primeiro passo para se candidatar a Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

O Bumba meu boi, presente em todo o Estado do Maranhão, é um complexo ritualístico que envolve formas de expressão musical, coreográfica, cênica, plástica e lúdica. Considerado Patrimônio Cultural do Brasil desde 2011 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Complexo Cultural do Bumba meu boi está agora se candidatando para se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

O primeiro passo para a candidatura em busca do reconhecimento internacional concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) será dado nesta quinta-feira, 05/04/2018, com a realização de uma cerimônia simbólica para que o Iphan entregue o dossiê de candidatura do bem cultural ao Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Posteriormente, o Brasil deve encaminhar o dossiê à sede da UNESCO, em Paris, para que o Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial avalie a candidatura. Esse comitê é composto por 24 membros, representantes dos Estados-parte da Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, de 2003. Ao todo 177 países são signatários dessa Convenção.  

O Comitê, por sua vez, se reúne anualmente para avaliar candidaturas propostas pelos Estados-parte da Convenção e decide se inscreve ou não as práticas e expressões culturais de patrimônio imaterial em uma das Listas da Convenção, que são a Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, a Lista do Patrimônio Cultural Imaterial que Requer Medidas Urgentes de Salvaguarda e a Lista das Melhores Práticas de Salvaguarda. Só após a inscrição em uma das Listas, o bem pode ser considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. 

Sobre o Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

O Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível compreende as expressões de vida e tradições que comunidades, grupos e indivíduos em todas as partes do mundo recebem de seus ancestrais e passam seus conhecimentos a seus descendentes.

Diferente de outros instrumentos normativos da UNESCO (como por exemplo a  Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural), a  Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial é mais voltada para salvaguarda do que pra o destaque dos bens. Assim, contribui mais para estimular a construção de políticas consistentes nos Estados-membros, e menos para produzir uma lista de bens imateriais excepcionais. 

 

(Com informações do Iphan. Para saber mais sobre a entrega da Candidatura ao MRE, acesse o site do Iphan)




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página