06.11.2012 - UNESCO Office in Brasilia

CLACSO debate no México papel das ciências sociais na América Latina e Caribe

A Situação das Ciências Sociais na América Latina e no Caribe

– Uma Conferência da CLACSO apoiada pelo Programa MOST

De 6 a 9 de novembro de 2012, cientistas sociais de todo o mundo se reúnem na Cidade do México para a 6ª Conferência de Ciências Sociais, de grande relevância na agenda científica, que neste ano acontece durante a Semana Internacional de Ciência e Paz (6-10 de novembro de 2012).

O evento é de grande importância para os países da América Latina e do Caribe, assim como para toda a comunidade internacional comprometida com a ideia de que as ciências sociais têm muito a contribuir para o desenvolvimento e a implementação de políticas sustentáveis de desenvolvimento que respeitem as necessidades dos povos e os direitos humanos básicos.

A conferência regional, que é organizada pelo Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO), com o apoio do Programa de Gestão das Transformações Sociais da UNESCO (MOST), tem o objetivo de provocar a reflexão e o debate sobre questões atuais enfrentadas pelas ciências sociais, encorajando o pensamento crítico na América Latina e no Caribe.

Inaugurada pela diretora-geral adjunta da UNESCO para ciências humanas e sociais, Pilar Alvarez-Laso, e pelo secretário-executivo do CLACSO, Emir Sader, a conferência é composta por 12 sessões temáticas que discutirão de mudança climática a erradicação da pobreza, incluindo questões relacionadas a políticas educacionais, acesso ao conhecimento, participação civil de jovens, migração, feminismo, economias nacionais no contexto da crise capitalista e a ideia de Estado na América Latina.

Uma sessão especial sobre as ideias que irão moldar o Relatório Mundial de Ciências Sociais de 2013, que se concentrarão nas mudanças ambientais mundiais, também será organizada pela UNESCO e pelo Conselho Internacional de Ciências Sociais (ISSC), enquanto o diretor-executivo do Conselho Mexicano de Ciências Sociais (COMECSO) – que foi tradutor da edição em espanhol do Relatório Mundial de Ciências Sociais de 2010 sobre disparidades de conhecimento – participará de uma mesa-redonda sobre mudanças sociais, ciência e tecnologia.

Ao todo, a conferência inclui 90 mesas-redondas e debates, 10 palestras principais e 2 simpósios internacionais envolvendo acima de 200 expertos de renome mundial. Por quatro dias, a conferência deve reunir milhares de participantes, incluindo 400 representantes de universidades e centros de pesquisa de mais de 25 países da América Latina, da América do Norte, do Caribe e da Europa, em diversos locais do centro histórico da Cidade do México.

Além da diretora-geral adjunta para ciências humanas e sociais da UNESCO, muitos outros representantes da Organização participam dos debates como oradores, moderadores ou palestrantes, incluindo o secretário-executivo do programa MOST e o diretor da Representação da UNESCO no México.

O MOST é um caso único dentro do sistema das Nações Unidas. É o único programa intergovernamental que tem por objetivo aplicar pesquisas em ciências sociais a questões de desenvolvimento, encorajar a pesquisa voltada a políticas a enfrentar os desafios globais atuais, além de aproximar pesquisadores, sociedade civil e decisores políticos para que possam trabalhar juntos, respeitando o papel individual e o lugar de cada ator.

Na América Latina e no Caribe, o MOST trabalha, entre outras coisas, com a organização de fóruns regionais de Ministros do Desenvolvimento Social e com o encontro de jovens cientistas sociais em seus cursos de verão anuais.

Em nível internacional, o MOST tem, atualmente, duas prioridades estratégicas: inclusão social e as dimensões sociais da mudança ambiental global.

Todas as sessões principais de 6 a 9 de novembro de 2012 serão transmitidas pela internet no
portal da UNESCO em espanhol e no site oficial da conferência.

Para download do press kit com a lista das sessões das quais a UNESCO irá participar:






<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página