17.09.2014 - UNESCO Office in Brasilia

Mudança climática é tema de curso em Santa Catarina

As cidades catarinenses Itajaí, Ilhota, Luis Alves e Navegantes recebem o projeto da UNESCO de Educação em Mudança Climática para o Desenvolvimento Sustentável.

Em uma iniciativa inédita em todo o Brasil, professores, coordenadores pedagógicos e gestores de Educação participam do curso “Educação em Mudança Climática para o Desenvolvimento Sustentável”, nos dias 17 a 19, e 23 a 25/09/2014, em Itajaí (SC). A cidade foi escolhida por ter sofrido grande impacto durante as enchentes de 2008 e 2011, assim as como as vizinhas Ilhota, Luis Alves e Navegantes, afetadas por deslizamentos de terra. A iniciativa da UNESCO conta com a parceria do Ministério da Educação e da Secretaria Municipal da Educação de Itajaí (SC).

Como resposta aos desastres naturais cada vez mais frequentes, o projeto tem por objetivo colaborar para uma consciência relativa aos impactos das ações individuais, comunitárias, nacionais e regionais nas mudanças climáticas. A UNESCO no Brasil irá capacitar 100 professores da rede pública das séries finais do ensino fundamental, das disciplinas Ciências da Natureza e Matemática, Ciências Humanas e Linguagens e Códigos, além de gestores pedagógicos e profissionais da Secretaria de Municipal de Educação. A ideia é que o curso, cuja carga horária é de 40 horas, seja multidisciplinar e transversal, permeando todas as instâncias da escola.

“Para formar cidadãos conscientes no que se refere ao Desenvolvimento Sustentável e aos efeitos da mudança climática é fundamental inserir a temática de forma transversal e multidisciplinar no curriculum escolar”, explica a coordenadora de Educação do escritório da UNESCO no Brasil, Maria Rebeca Otero. “Contar com professores treinados para trabalhar os assuntos de sala de aula é essencial”, finaliza ela.

O curso tem por característica ser dinâmico e interativo; prevê atividades em grupo e visitas de campo. No dia 23/09/2014, suas quatro turmas visitam o Porto de Itajaí, o projeto de recuperação da vegetação do Morro da Cruz, conhecerão as águas do Rio Itajaí em barco do IBAMA e visitarão duas comunidades de alto risco. (Leia mais no final do texto).

A UNESCO é responsável por proporcionar a metodologia do curso, que já foi realizado em países da América Latina e da África, e o material didático, usado em outros países, foi adaptado para incluir exemplos da realidade brasileira. Conta com livros para treinamento dos educadores e, após a capacitação, esses receberão material próprio para trabalhar mudança climática com os estudantes.

O Desenvolvimento Sustentável é um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e está sendo considerado uma das áreas prioritárias dos Objetivos pós-2015. Entre os resultados esperados pela UNESCO para o biênio 2014-2016 encontra-se o fortalecimento dos Estados membros para integrar a Educação para o Desenvolvimento Sustentável ao aprendizado e no contexto da educacional, assim como na agenda politica internacional.

Informações sobre as visitas de Campo, dia 23/09/2014:

  • Porto de Itajaí - A Gerência de Meio Ambiente do Porto de Itajaí realizará uma visita guiada seguida de palestra de prevenção de desastres ambientais na atividade portuária, assim como uma apresentação da Base de Emergência Ambiental do Porto.
  • Recuperação do Morro da Cruz - A Professora Dalva Sofia Schuch apresentará as atividades do projeto de recuperação da vegetação do Morro da Cruz.
  • Rio Itajaí - A bordo do barco do IBAMA, será realizada uma visita ao rio e a testagem das águas.
  • Comunidades de alto risco - Visita a duas comunidades na região seguidas de palestra da Defesa Civil e de liderança comunitária.

Mais informações:
UNESCO no Brasil
Ana Lúcia Guimarães - (61) 2106 3536, (61) 9966 3287, a.guimaraes(at)unesco.org
Anita Campos – (61) 2106 3538, a.campos(at)unesco.org

http://www.unesco.org/brasilia
http://www.facebook.com/unescobrasil
http://www.twitter.com/unescobrasil




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página