28.05.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Praça do Cidadão de Ceilândia terá teste de Aids neste sábado

Mobilização de saúde ocorre no Sabadão Cultural, do Programa Jovem de Expressão, durante concurso de dança e baile de ritmo charme.

Pela primeira vez, um evento cultural para jovens na Praça do Cidadão de Ceilândia inclui na programação uma ação de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis (DST) e Aids. Trata-se de testagem para HIV, que ocorre dia 1º de junho, juntamente com um baile charme e um concurso de dança.  O “Sabadão Cultural”, promovido pelo Programa Jovem de Expressão, começa às 13h e vai até o início da noite, com entrada gratuita.
Uma banca batizada de “camelô da prevenção” vai completar as ações para promover a saúde durante a tarde. No camelô haverá distribuição de camisinhas, materiais informativos e profissionais disponíveis para orientar e ter uma conversa descontraída sobre DST e Aids.

Na praça também estarão pendurados cartazes informativos com dados que revelam as dúvidas e dificuldades dos jovens em relação à prevenção de DST e Aids. Os cartazes visam levar os frequentadores do evento a pensar sobre o tema e também estimular para que façam o teste rápido do vírus da Aids. O exame será realizado por profissionais de saúde do Projeto Quero Fazer, de aconselhamento e testagem móvel voluntária para o HIV, coordenado pela organização não-governamental Associação Espaço de Prevenção e Atenção Humanizada (EPAH).

“A importância da testagem numa ação como essa é que o jovem normalmente não procura o serviço de saúde. Então, nós vamos ao meio dele, onde ele se sente à vontade e falamos a linguagem dele, sem burocracia”, explica Lidiane Andrade, responsável pelo Projeto Quero Fazer em Brasília.

Dados – A pesquisa “Juventude, Comportamento e DST/Aids”, divulgada em dezembro do ano passado, revelou que,  de cada dez jovens brasileiros, quatro acham que não precisam usar camisinha em um relacionamento estável e três ficariam desconfiados da fidelidade do parceiro, caso ele propusesse o uso do preservativo. Além disso, 24% acham que se pode pegar HIV/Aids pela saliva e 15% dos jovens acreditam que malária, dengue, hanseníase ou tuberculose são DST.  A pesquisa - realizada por encomenda do Programa Jovem de Expressão, com o acompanhamento do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) - ouviu 1.208 jovens entre 18 e 29 anos, em 15 estados e no Distrito Federal.

Atrações culturais – A tarde do Sabadão Cultural será animada por um baile charme - uma festa inspirada na música negra americana - com a presença dos DJs Celsão e Edgar Fortunato. Depois da festa, será a vez dos participantes do concurso de dança agitarem a Praça do Cidadão. A expectativa é de que participem de 15 a 20 grupos, de várias cidades do DF, com diversos estilos, como dança de rua, swingueira (pagode baiano), axé, pop, funk, entre outros.

Jovem de Expressão – Programa social que visa promover a saúde dos jovens entre 18 e 29 anos, diminuir sua exposição à violência e vulnerabilidade às DST/Aids, além de apoiar ações de empreendedorismo. O projeto é realizado pelo Grupo Caixa Seguros em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Representação da UNESCO no Brasil), o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e Central Única das Favelas (Cufa/DF).

Serviço: Sabadão Cultural, 1 de junho, 13h, na Praça do Cidadão, QNM 18/20, Ceilândia Norte.

Contatos para imprensa:
Paula Crepaldi
Consultora em Comunicação UNESCO no Brasil / Programa Jovem de Expressão
Tel.: (+55) 61 9363-3332/ 9123-5385
www.facebook.com/jovemdeexpressao




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página