14.08.2013 - UNESCOPRESS

Diretora-geral condena assassinato do jornalista guatemalteco Luis de Jesús Lima

Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, expressa preocupação com a segurança dos jornalistas na Guatemala após o assassinato do veterano jornalista de rádio Luis de Jesús Lima, em Zacapa, no leste do país.

“Eu condeno o assassinato de Luis de Jesús Lima e peço a todas as autoridades para que façam tudo o que estiver a seu alcance para levar a julgamento os culpados desse crime”, disse a diretora-geral. “Deixar que a violência contra jornalistas permaneça impune é prejudicial para a capacidade dos profissionais de mídia desenvolverem seus trabalhos, o que enfraquece tanto a liberdade de expressão como a de informação”, complementou.
Lima, de 68 anos, jornalista e apresentador da Rádio Sultana Zacapata, foi morto a tiros no dia 6 de agosto, quando chegava ao estúdio onde conduzia um programa popular de música e entrevistas com personalidades locais.
Lima é o terceiro jornalista assassinado na Guatemala neste ano. Ele é lembrado no site UNESCO Condena assassinatos de jornalistas (em inglês).

                                                  ****

            Contato para a imprensa: Sylvie Coudray +33 (0)1 45 68 42 12

A UNESCO é a agência das Nações Unidas com o mandato de defesa da liberdade de expressão e liberdade de imprensa. O artigo 1 de sua Constituição define que "o propósito da Organização é contribuir para a paz e para a segurança, promovendo colaboração entre as nações através da educação, da ciência e da cultura, para fortalecer o respeito universal pela justiça, pelo estado de direito, e pelos direitos humanos e liberdades fundamentais, que são afirmados para os povos do mundo pela Carta das Nações Unidas, sem distinção de raça, sexo, idioma ou religião”. Para realizar este propósito, a Organização deverá "Colaborar no trabalho de fazer avançar o conhecimento e o entendimento mútuos entre os povos, através de todos os meios de comunicação de massa, e com esse objetivo recomendar aqueles acordos internacionais que possam ser necessários para promover o livre fluxo de idéias, através da palavra e da imagem…”




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página