02.12.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Discussões do Fórum Global em Mídia e Gênero disponíveis no site em português

© UNESCO

A UNESCO, em parceria com a Universidade Thammasat na Tailândia e a Comissão Nacional do Reino da Tailândia, promovem o Fórum Global em Mídia e Gênero. Entre os dias 2 e 4 de dezembro, lideranças internacionais, representantes de diversas organizações de mídia, atores da sociedade civil, governos, outras agências da ONU, defensores dos direitos humanos, entre outros, se reúnem, em Bangkok, para avaliar as desigualdades de gênero na mídia e formular soluções coletivas e criativas para reduzir as disparidades entre homens e mulheres. Todas as discussões podem ser acompanhadas por meio do site do Fórum, disponibilizado inteiramente em português.

Por meio da plataforma online, todos aqueles interessados em participar dos debates e discussões do Fórum podem contribuir com suas palavras, capacidade intelectual, criatividade e genialidade para o desenvolvimento de uma ampla união de esforços para tratar dos temas relacionados à igualdade de gênero e mídia. O Fórum é um evento mundial pioneiro, que pretende abordar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres na mídia e por meio da mídia.

Um dos pontos altos do evento será a criação de uma Aliança Global em Mídia e Gênero (AGMG), cujo propósito é unir as organizações de mídia e outros grupos interessados para promover uma mudança real e sustentável no cenário das desigualdades de gênero nos meios de comunicação. A AGMG coordenará e acompanhará sistematicamente uma das áreas críticas de interesse da Declaração de Beijing (em inglês) e o respectivo Plano de Ação, “Women and the Media Diagnosis” (em inglês).

As questões de igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres estarão entre as principais prioridades de desenvolvimento nas próximas duas décadas. Os assuntos desempenharão um papel fundamental na formulação dos Objetivos para o Desenvolvimento do Milênio pós-2015 (ODMs Pós 2015).  De acordo com o relatório Addressing Inequalities - Post 2015 Development Agenda, “a discriminação por gênero e a recusa aos direitos das mulheres e meninas mantêm-se como os maiores e mais difundidos condutores de desigualdades no mundo de hoje”.

As discussões sobre esta questão continuarão após o Fórum e todas as informações podem ser encontradas no site em:




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página