09.12.2014 - UNESCO Office in Brasilia

“Direitos Humanos 365”, uma mensagem para o Dia dos Direitos Humanos 2014

Mensagem de Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia dos Direitos Humanos, 10 de dezembro de 2014.

 

“Direitos Humanos 365”

A UNESCO foi criada em 1945 para promover a cooperação, por meio da educação, das ciências, da cultura, da comunicação e da informação, com o intuito de aprofundar o respeito universal pela dignidade, pela igualdade e pelo respeito mútuo de todas as mulheres e todos os homens. Quase 70 anos depois, esse mandato não envelheceu um dia sequer. Promover os direitos humanos continua a ser uma tarefa essencial – não apenas no Dia dos Direitos Humanos, mas em todos os dias do ano, para cada mulher e para cada homem, em todos os lugares. Esse é o significado dos “Direitos Humanos 365”.

Esta mensagem é especialmente importante agora, à medida que os Estados estão elaborando uma nova agenda de desenvolvimento sustentável pós-2015, construída com base nos valores universais da igualdade, da justiça, da diversidade cultural, da paz e da segurança. A nova agenda deve ser baseada nos direitos humanos e dirigida aos direitos humanos, a fim de combater as desigualdades e a exclusão social, responder ao extremismo e aos conflitos e, por fim, construir sociedades mais justas e sustentáveis.

Isso deve começar com a educação em direitos humanos. Ensinar os valores de respeito, tolerância e solidariedade é essencial para empoderar alunos e encorajar novas formas de cidadania mundial. Esses objetivos orientam a liderança da UNESCO para promover a educação de qualidade para todos, bem como conduzem a Iniciativa Mundial Educação em Primeiro Lugar (Education First) do secretário-geral das Nações Unidas por todo o mundo. Direitos humanos e educação para a cidadania mundial devem ser elementos-chave da agenda pós-2015.

Os meios de comunicação desempenham um papel essencial – por meio da conscientização sobre os direitos humanos e do combate a preconceitos e estereótipos. Para isso, a UNESCO tem trabalhado, desde 2005, com o Alto Comissariado para os Direitos Humanos (ACNUDH), no Programa Mundial de Educação em Direitos Humanos. A terceira fase (2015-2019) do programa tem como foco a formação em direitos humanos para jornalistas e profissionais de mídia. Objetivos similares orientam o plano de ação para a Década Internacional para a Aproximação das Culturas (2013-2022), que a UNESCO está liderando em todo o Sistema das Nações Unidas.

Em um mundo que se transforma rapidamente e com as sociedades sob pressão, eu apelo aos Estados-membros da UNESCO, a todos os governos e à sociedade civil, para reafirmarem seu compromisso com os direitos humanos como o guia para todas as ações e a medida de seu sucesso.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página