29.11.2012 - UNESCO Office in Brasilia

Congresso Internacional da Rede de Bioética da América Latina e do Caribe sobre bioética, direitos humanos e inclusão social

O IV Congresso Internacional da Rede de Bioética da América Latina e do Caribe, criada pela UNESCO, ocorrerá em Brasília do dia 29 de novembro ao dia 1º. de dezembro de 2012, com enfoque nos temas bioética, direitos humanos e inclusão social. Especialistas da área de bioética irão analisar maneiras pelas quais a bioética pode contribuir com o desenvolvimento de políticas públicas e atividades na área de educação continuada que favorecem a implementação de estratégias orientadas a inclusão social e equidade em questões de saúde.

A conferência será uma oportunidade para discutir o contexto regional atual em relação aos direitos humanos e ao compromisso da bioética de abordar os principais desafios enfrentados pelas populações da América Latina e do Caribe, como desigualdades de saúde e renda, ou violações dos direitos humanos de minorias. Também será uma ocasião singular para o fortalecimento de projetos de cooperação entre estudantes e ex-estudantes de bioética da região.

Durante a cerimônia de abertura, os principais organizadores da conferência terão a palavra um após o outro para definir os desafios da conferência. OS trabalhos serão então pontuados por mesas redondas, discussões expositivas e duas palestras principais: a primeira ocorrerá na abertura, em 29 de novembro, e será proferida pelo Dr. Volnei Garrafa (Brasil), presidente da Cátedra UNESCO de Bioética da Universidade de Brasília, e membro do Comitê Internacional de Bioética (IBC) da UNESCO; enquanto a segunda, proferida pelo Dr. Victor Penchaszadeh (Argentina), encerrará a conferência com uma apresentação das perspectivas atuais e futuras para a bioética na América Latina e no Caribe.

Entre as duas palestras, mais de 400 especialistas e estudantes de diversos países da região, incluindo Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, Jamaica e Peru, durante três dias intensos, trocarão experiências e ideias sobre dezenas de tópicos tais como:

  • Direitos humanos como a base para intervenções bioéticas na região;
  • O desenvolvimento da interface entre bioética e direitos humanos na América Latina e no Caribe;
  • Conflitos éticos em relações de cuidados à saúde;
  • Abordagens filosóficas à bioética;
  • Ética na pesquisa;
  • Aspectos éticos das novas tecnologias;
  • Bioética clínica;
  • Desafios da bioética da diversidade: povos indígenas e sabedoria tradicional;
  • Bioética, perspectiva de gênero e direitos humanos: o caso dos estudos de genética;
  • Bioética e mudança ambiental global;
  • Bioética, inclusão social e equidade em saúde;
  • Educação em bioética na América Latina e no Caribe;
  • Cooperação, consenso e padrões em bioética na América Latina e no Caribe;
  • Bioética em políticas de saúde pública etc.

O programa de bioética da UNESCO na região será apresentado pela Dra. Susana Vidal, da Representação da UNESCO em Montevidéu (Uruguai), durante a cerimônia de encerramento da Conferência.

O público-alvo inclui técnicos e representantes da administração de saúde pública, estudantes de saúde e professores de bioética, de saúde pública e outros temas afins, assim como profissionais de saúde, advogados e mesmo filósofos, enfim, todos os interessados em questões de bioética.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página