03.12.2018 - UNESCO Office in Brasilia

Lançamento do boletim de dados do ODS 4: Ferramentas para melhorar a aprendizagem

As maiores desigualdades na educação em todo o mundo podem ser vistas nos resultados de aprendizagem, de acordo com o Instituto de Estatística da UNESCO (UIS, na sigla em inglês). Enquanto ministros e políticos se reúnem na Reunião Global de Educação em Bruxelas para avaliar o progresso global em direção ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 (ODS 4) sobre educação de qualidade para todos. O boletim SDG 4 Data Digest 2018: Data to Nurture Learning (Boletim de Dados do ODS 4 de 2018: Dados para alimentar a aprendizagem, em tradução livre) mostra como os dados podem ser aproveitados para melhorar a aprendizagem que dura a vida toda.

A desigualdade na educação é uma prioridade, mas, como o UIS salienta, não pode ser resolvida sem um monitoramento robusto para acompanhar se as crianças, adolescentes e adultos estão adquirindo as competências de que necessitam. Esse monitoramento é vital, dada a atual crise global de aprendizagem, com seis em cada dez crianças e adolescentes em todo o mundo incapazes de ler uma sentença simples ou lidar com um cálculo matemático básico, de acordo com dados do UIS. 

“A desigualdade está no centro da crise global de aprendizagem que prejudica a vida de 617 milhões de crianças e adolescentes”, diz Silvia Montoya, diretora da UIS. “As desigualdades na aprendizagem são vistas e sentidas não apenas no nível individual, mas entre países e comunidades, com sociedades inteiras retidas por educação de má qualidade e deficiência nas habilidades”. 

O boletim faz um alerta sobre o tamanho do desafio à frente. Um terço das crianças e adolescentes sem alfabetização e conhecimentos básicos de matemática estão fora da escola e precisam urgentemente de acesso à educação , o que se trata de um direito de todos. Mas dois terços deles estão realmente na escola. 

“Longe de estarem escondidos ou serem difíceis de alcançar, eles estão sentados nas salas de aula, esperando que as escolas entreguem a educação de qualidade que lhes foi prometida”, diz Montoya. "Essa promessa foi quebrada com muita frequência, como mostrado pela falta de progresso nos resultados da aprendizagem nos últimos 15 anos." 

Isso é importante, dada a importância crítica da aprendizagem para a realização de todos os ODS, desde reduzir a pobreza até combater a discriminação de gênero e construir sociedades saudáveis e pacíficas. O boletim levanta preocupações sobre como essas metas podem ser alcançadas até o prazo de 2030, se um número significativo de pessoas continuar com falta de habilidades básicas.

O boletim explora os dados internacionalmente comparáveis necessários para reduzir as desigualdades e garantir a aprendizagem ao longo da vida prevista pelo ODS 4. Abrange uma ampla gama de iniciativas de avaliação - desde a educação da primeira infância até os programas de alfabetização de adultos. Também apresenta uma série de ferramentas para ajudar os países a tomar decisões conscientes  sobre os tipos de avaliação que atenderão às suas próprias necessidades, bem como orientações sobre participação em avaliações e capacitação humana para melhorar os resultados de aprendizagem por meio do uso efetivo dos dados.

Fazendo um forte estudo de caso sobre investimento, o boletim defende uma mudança nas perspectivas sobre os custos percebidos das avaliações de aprendizagem, tanto por doadores quanto por governos. A participação em importantes avaliações internacionais ou regionais pode custar a cada país cerca de 500 mil dólares a cada quatro anos, o que parece ser uma despesa enorme para uma economia menor. No entanto, é o custo é pequeno quando comparado com o valor total investido n escolaridade e o valor ainda maior da ausência da educação. O UIS estima que dados sólidos sobre a aprendizagem, que visem a avaliar se as abordagens estão funcionando ou se são necessárias reformas, poderiam melhorar a eficiência do gasto educacional em 5%, economizando 30 milhões de dólares por ano em um país. Esse valor também pagaria os custos das avaliações centenas de vezes.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página