11.12.2014 - UNESCO Office in Brasilia

Programa Memória do Mundo Brasil aprova 10 novas candidaturas

© Arquivo Nacional

Dez novos documentos e fundos documentais foram incluídos no Registro Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Os certificados do Registro serão entregues hoje (11/12/2014), em cerimônia às 17h, na sede do Arquivo Nacional do Rio de Janeiro.

Em reunião ocorrida nos dias 1º e 2 de outubro deste ano, no Arquivo Nacional, o Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO (MoWBrasil) aprovou 10 das 26 candidaturas propostas ao edital MoWBrasil 2014 para serem inscritas no Registro Nacional do Programa.

Seguem abaixo as candidaturas aprovadas para o Registro Nacional do Memória do Mundo, por nome do acervo e instituição custodiadora (entidade responsável pela custódia e acesso ao acervo):

  1. Acervo documental, iconográfico de Abdias do Nascimento (1916-2011), do Instituto de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros (IPEAFRO);
  2. Acervo Educador Paulo Freire (1921-2013), de Anita Freire e Instituto Paulo Freire;
  3. Arquivo Pessoal Nise da Silveira, da Sociedade Amigos do Museu de Imagens do Inconsciente;
  4. Cartas Andradinas, da Fundação Biblioteca Nacional
  5. Coleção Francisco Curt Lange de Documentos Musicais, do Museu da Inconfidência;
  6. Fundo Plínio Salgado, do Arquivo Público e Histórico do Município de Rio Claro;
  7. Jornal Abolicionista A Redenção (1887-1899), do Arquivo Público DO Estado de São Paulo;
  8. Primeiro Empréstimo externo Brasileiro, da Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda no Estado do Rio de Janeiro (SAMF/RJ) – Museu da Fazenda Federal;
  9. Série “Falas do trono” (1826-1889) Fundo Assembleia Geral Legislativa do Império, do Senado Federal;
  10. Série Aforamentos, do Arquivo Municipal da Cidade do Rio de Janeiro.


O Programa Memória do Mundo da UNESCO/Memory of the World – MoW foi criado pela Organização em 1992 e reconhece como patrimônio da humanidade documentos, arquivos e bibliotecas de grande valor internacional, regional e nacional, inscrevendo-os nos Registros e conferindo-lhes certificados que os identificam. Tendo como objetivo estimular a preservação e a ampla difusão desse acervo, o MoW facilita a preservação desses documentos e seu acesso, contribuindo, assim, para despertar a consciência coletiva para o patrimônio documental da humanidade. A UNESCO mantém o Registro mundial do Programa, enquanto os Comitês nacionais organizam e mantêm os Registros Memória do Mundo em seus países.

Instalado há oito anos, o Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo nominou, entre os anos de 2007 e 2014, 73 acervos brasileiros, constituídos de enorme diversidade cronológica e tipologias documentais, custodiados pelas mais diferentes instituições. Entre os acervos já reconhecidos como Memória do Mundo estão o filme Limite, de Mário Peixoto (Fundação Cinemateca Brasileira); a Lei Áurea (Arquivo Nacional); os Manuscritos Musicais de Carlos Gomes (Fundação Biblioteca Nacional); o Arquivo Guimarães Rosa (Instituto de Estudos Brasileiros - IEB/USP) e o Mapa Etno-Histórico do Brazil e Regiões Adjacentes - por Curt Nimuendajú (1943) (Museu Paraense Emílio Goeldi). (Fonte: com informações da Assessoria de Comunicação do Arquivo Nacional)

Mais informações:
Assessoria de Comunicação do Arquivo Nacional
ascom(at)arquivonacional.gov.br , (21) 2179-1349




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página