21.03.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da diretora-geral da UNESCO por ocasião do Dia Mundial da Água

Mensagem de Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Mundial da Água, 22 de março de 2013

Este Dia Mundial da Água ocorre durante o Ano Internacional de Cooperação pela Água. Os Estados-membros estão de acordo quanto à importância da cooperação pela água para a saúde e o bem-estar humano, para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, por uma paz duradoura e para o desenvolvimento sustentável.

O Ano Internacional de Cooperação pela Água orienta-se pelo lema “água, água em todo lugar, se a gente compartilhar” (water, water everywhere, only if we share). Isso inclui o manejo de águas transfronteiriças entre países – e significa também o compartilhamento de água para diferentes usos e usuários variados dentro de fronteiras nacionais. Precisamos de maior governança entre e nos Estados.

Cooperação deve ser a palavra de ordem. Isso é essencial para preservar nossos ecossistemas, para erradicar a pobreza e avançar em igualdade social, incluindo igualdade de gênero. Mulheres são atores cruciais – temos de empoderá-las com todos os direitos que correspondem às suas responsabilidades. A garantia de igualdade no acesso aos recursos hídricos e em seu controle é importante para o bem estar de gerações presentes e futuras.

Os desafios da questão da água são complexos – e as soluções devem ser igualmente multifacetadas. Isso pede pensamento inovador e cooperação ilimitada. Com esse fim, a UNESCO procura um ângulo abrangente, contando com seu Programa Hidrológico Internacional assim como suas 29 cátedras e seus 18 centros relacionados à água. Isso inclui o Instituto para Educação sobre Água (IHE – Institute for Water Education), nos Países Baixos, que capacitou 15.000 profissionais de 160 países desde 1957.

A cooperação pela água não é uma questão técnica ou científica. É uma questão de luta contra a pobreza e de proteção do meio ambiente. É construir a fundação para o desenvolvimento sustentável e a paz duradoura.

Os governos devem-se comprometer a encontrar soluções inclusivas e cooperativas para os desafios da água. Para isso, devemos tomar decisões que envolvem todos os atores relevantes, de investidores a usuários. A questão é importante para cada um de nós e somos todos por ela responsáveis. A cooperação pela água não é uma opção – é imperativa para um futuro melhor para todos.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página