08.12.2012 - UNESCO Office in Brasilia

Ministra Marta Suplicy se reúne com a diretora-geral da UNESCO

Parcerias entre Brasil e UNESCO são tratadas durante a reunião

Na manhã desta quarta-feira (05/12), a ministra da Cultura, Marta Suplicy, encontrou-se, em Paris, com a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova.

Na conversa, ambas reforçaram a intenção de parcerias entre Brasil e UNESCO: a ministra levou as felicitações da nossa presidenta, Dilma Rousseff, à Irina Bokova, que concorre à reeleição com apoio brasileiro. Irina reiterou sua admiração pela nossa presidenta e disse que espera continuar e ampliar a cooperação com o Brasil.

Durante a reunião, a diretora-geral da UNESCO entregou à ministra o título à cidade do Rio de Janeiro de Patrimônio Cultural da Humanidade, conferido durante a 37ª Reunião do Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO, que aconteceu em São Petersburgo, na Rússia, em julho deste ano.

Também foram temas tratados a parceria do projeto Lucio Costa (de gestão de museus e que já existe junto à UNESCO) e o acordo que repassa, do Brasil para a Organização, US$ 220 mil para museus. “É um aporte extra para o serviço de museu. Para estabelecer estudos para criação de um instrumento normativo na área de museus e coleções. Já tivemos reuniões sobre o tema, em julho e agosto. E o Brasil dá continuidade. Haverá uma recomendação futura da UNESCO no âmbito das coleções e museus. Até março teremos o estudo pronto”, explicou o presidente do Ibram, José do Nascimento Junior.

O encontro faz parte da visita oficial que a ministra faz à cidade, entre os dias 5 e 9 de dezembro, para uma série de eventos que compreendem trocas de experiências e colaboração com a França.

Frevo é Patrimônio Imaterial da Humanidade

Em seguida, a ministra acompanhou aprovação do frevo à Lista do Patrimônio Imaterial da UNESCO, no âmbito da 7ª Sessão do Comitê Intergovernamental da Convenção do Patrimônio Imaterial. Marta discursou na UNESCO em comemoração ao prêmio outorgado ao Brasil.

Economia Criativa

Irina Bokova convidou a ministra Marta Suplicy para atuar junto à UNESCO com ênfase no viés da economia criativa, de um novo mundo; novas possibilidades, igualdade entre os povos. “Compartilho dessa opinião”, acentuou Marta.

A diretora-geral da UNESCO fez convite para a ministra da Cultura do Brasil explicar os CEUs, conceito e ações de implantação, em maio, numa agenda que se desenvolverá na China. ”Se eu não for, deverá ir nossa secretaria Claudia Leitao”, detalhou ainda Marta. “Para Irina Bokova, cultura é um grande poder. Ela disse que demorou muito para as Nações Unidas entenderem a capacidade da cultura não só de unir povos, mas econômica. Concordo e acrescentei que no novo século que vivemos é o que há de mais moderno”, concluiu Marta.

A agenda de Marta ainda incluiu uma audiência com a ministra da Cultura e Comunicação da França, Aurélie Filippetti

(Texto e foto: Montserrat Bevilaqua, Ascom/MinC)



 




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página