29.06.2018 - UNESCO Office in Brasilia

O Camarão regional-da-amazônia no Estado do Amapá: as cadeias de valor da pesca artesanal de camarão e caranguejo na Costa Amazônica do Brasil

Este é o volume 2 da série apresentada pelo Projeto Pesca Sustentável na Costa Amazônica (PeSCA), uma parceria entre o Fundo Vale e a UNESCO em cooperação com a CSF-Brasil e a Fundação Mitsui Bossan do Brasil, que tem como objetivo a promoção e o apoio ao desenvolvimento sustentável das cadeias de valor da pesca artesanal de várias espécies de caranguejo e camarão, municípios dos estados do Maranhão, Amapá e Pará. Essa região da Amazônia brasileira, rica em biodiversidade costeira e marinha, abriga a maior extensão continua de manguezais do planeta e se prolonga por mais de 1,5 mil km.

O volume sobre a atuação do Projeto PeSCA no Amapá, em uma faixa territorial de grande relevância para o ecossistema estuarino, identificou que o modo de vida das populações de pescadores e extrativistas das comunidades estudadas está intimamente atrelado à floresta, de forma que o extrativismo vegetal e a pesca do camarão são atividades complementares na maior parte dessas comunidades. Nesse contexto, o açaí constitui uma fonte de renda importante para essas populações, juntamente com outros produtos do extrativismo vegetal. O camarão regional-da-amazônia é uma das espécies de água doce mais exploradas e consumidas em todo o estuário amazônico. Embora seja inegável a importância da pesca do camarão para as famílias de pescadores, as informações sobre a cadeia produtiva, especialmente em relação ao volume produzido e comercializado, ainda são escassas. Nas comunidades envolvidas observou-se, uma participação bastante expressiva das mulheres na atividade pesqueira, especialmente na pesca do camarão.

(Série Pesca Sustentável na Costa Amazônica, 2)

Brasilia: Fundo Vale, 2018. 198 p. il. ISBN: 978-85-65906-03-6

Download gratuito:

 

 




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página