09.09.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Consulta pública sobre o novo conceito da UNESCO de “universalidade da internet”

A Divisão de Liberdade de Expressão e o Desenvolvimento dos Meios de Comunicação da UNESCO seguiu para uma segunda fase da consulta pública com todos os interessados sobre o novo conceito de “universalidade da internet”, com o lançamento de uma segunda versão do documento nesta semana.

Esse lançamento decorre de uma série de consultas internas e externas feitas, mais recentemente, pelo setor de Comunicação e Informação com os setores programáticos relacionados da UNESCO. Desde que o processo começou na 10ª reunião da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação (WSIS+10, em inglês), em fevereiro de 2013, o conceito também tem sido discutido em oito fóruns internacionais.

O conceito de “universalidade da internet” oferece uma compreensão importante e abrangente dos elementos-chaves da rede. As normas subjacentes que contribuem para moldar o uso e o desenvolvimento da internet são: (i) com base nos direitos livres e humanos; (ii) aberta; (iii) acessível a todos; e (iv) participação orientada multi-participativa. As quatro normas podem ser sintetizadas na sigla R-O-A-M (Baseada nos direitos, Aberta, Acessível, Orientação multi-participativa).

Ao reunir os posicionamentos existentes da UNESCO sobre internet, o conceito de “universalidade da internet” poderia ajudar a enquadrar grande parte dos relatórios da UNESCO relacionados à internet em educação, cultura, ciência, ciências sociais e comunicação-informação pelo período estratégico de 2014-2021. Ele pode fornecer também um ponto comum de referência e levar ao reforço da sinergia entre os setores.

Além disso, o conceito poderia dar suporte ao trabalho da UNESCO ao facilitar a cooperação multi-participativa internacional no que diz respeito à internet e também poderia destacar o que a Organização pode trazer para a Agenda para o Desenvolvimento pós-2015.

A Divisão de Liberdade de Expressão e o Desenvolvimento dos Meios de Comunicação agradece a todos aqueles que têm comentado sobre os projetos anteriores por suas valiosas sugestões. Como parte de uma discussão em andamento, a segunda versão do documento “Internet Universality: A Means Towards Building Knowledge Societies and the Post-2015 Development Agenda” é oferecida para o feedback de todos os interessados.

Por favor, envie comentários e sugestões para Xianhong Hu.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página