22.08.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Abertas inscrições para o Programa Memória do Mundo 2013 no Brasil

O Programa Memória do Mundo da UNESCO (MOW Brasil) abre prazo para inscrições de acervos documentais brasileiros até o dia 21 de setembro de 2013.

Podem participar entidades públicas e privadas, além de pessoas físicas que sejam detentoras de documentos de valor excepcional para a memória brasileira. Os interessados em participar deverão enviar documentos de natureza arquivística ou bibliográfica, textuais ou audiovisuais, e iconográficos ou cartográficos, e atender a outros requisitos descritos no Edital MOW Brasil 2013.

A proposição das candidaturas tem como objetivo a nominação no Registro Memória do Mundo do Brasil de 2013. Até dez (10) documentos ou conjuntos documentais de natureza arquivística ou bibliográfica, custodiados em território nacional e de relevância para a memória coletiva da sociedade brasileira, serão selecionados para serem inscritos no Registro Memória do Mundo do Brasil.

O Programa

O Programa Memória do Mundo reconhece patrimônios documentais de significância internacional, regional e nacional; mantém seus registros e confere-lhes uma logomarca que os identifica. O programa facilita a preservação e o acesso a esse patrimônio, sem discriminação. Igualmente, trabalha para despertar a consciência sobre o patrimônio documental, a fim de alertar os governos, o público em geral e os setores industrial e comercial sobre a necessidade de preservação, além da importância de arrecadar recursos para sua manutenção.

Inscrições

As candidaturas devem ser enviadas em versões em papel e eletrônica para o endereço abaixo, com aviso de recebimento (AR), até a mesma data (21 de setembro de 2013):

Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO – MOW Brasil
Candidatura à Nominação no Registro Memória do Mundo do Brasil – 2013
Arquivo Nacional
Divisão de Protocolo e Arquivo
Praça da República, 173 – Centro
Rio de Janeiro – RJ
20211-350




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página