08.04.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Programa Conjunto da ONU “Segurança com Cidadania” promove formação na Bahia

Encontrar pessoas com brilho nos olhos e disposição para participar de uma ação coletiva de transformação. Este foi o principal objetivo da visita realizada por consultoras da UNESCO a Lauro de Freitas (BA) nos dias 03 e 04 de abril. A visita é a primeira das quatro etapas que integram a formação Oasis Training que será realizada em Itinga nos meses de maio e junho de 2013.

A ação é promovida pela UNESCO, em parceria com o Instituto Elos, no âmbito das ações do Programa Conjunto da ONU em Lauro de Freitas e é uma das ações previstas no Plano Integral e Participativo de Convivência e Segurança Cidadã de Itinga.

Durante os dois dias, as consultoras da UNESCO, acompanhadas pelo
coordenador do Gabinete de Gestão Integrada de Lauro de Freitas e Ponto
Focal do Programa Conjunto, Daniel Brito e sua equipe, visitaram algumas
localidades de Itinga, como Vila Pedrita e Jardim Talismã. A Escola
Municipal Jardim Talismã foi um dos espaços visitados pela comitiva. Os
professores da escola foram apresentados à metodologia do Instituto Elos e
convidados a participar da ação, bem como a mobilizar os estudantes a
participarem da iniciativa.

Representantes da Associação de Moradores do Jardim Talismã também foram apresentados à proposta e se comprometeram a mobilizar a comunidade para identificar jovens e adultos dispostos a encarar o desafio. “O que mais queremos aqui na comunidade é ver os nossos jovens comprometidos com a transformação do lugar onde vivem. Estamos muito felizes por esta ação acontecer aqui e vamos colaborar com o que for necessário”, disse Leonor Maria Martins Borges, do terreiro de candomblé Ylê Axé Yaômin e tesoureira da Associação de Moradores do Jardim Talismã.

A proposta da formação também foi apresentada aos representantes de
diversas secretarias de Lauro de Freitas, como Saúde, Educação e Esporte e
Lazer, durante reunião realizada na sede do GGIM que reuniu, ainda,
lideranças comunitárias locais. Durante o encontro foi reafirmado o
compromisso do município com a realização da ação. Para o Ponto Focal do
Programa Conjunto, Daniel Brito, é muito importante que Lauro de Freitas
consiga absorver a metodologia. “Mesmo em um período curto, a ação vai
simbolizar o quanto a união entre as pessoas é importante, desde que
estejam motivadas”, destacou Brito.

A formação Oasis prevê a formação de um grupo de até 30 participantes.
Estas pessoas serão desafiadas a planejar e executar um sonho coletivo da
comunidade. Segundo a consultora da UNESCO, Natasha Gabriel, do Instituto
Elos, na hora de definir a ação que será executada vale de tudo, o
importante é o grupo assumir o compromisso de realizá-la. “Neste trabalho
já fizemos construção de ponte, reforma de creche, recuperação de praça…”,
conta Natasha e completa: “é importante lembrar que não se trata de um
projeto de voluntariado, é uma iniciativa de empreendedorismo social”.

A formação tem como objetivos principais: Fortalecer e Potencializar o
Programa Escola Aberta no Território; Fortalecer a relação Escola-Bairro;
Fortalecer o processo de participação, mobilização e empreendedorismo
social no Programa Conjunto e é composta por quatro etapas:

*Etapa 1 – Preparação*

O objetivo dessa etapa é mobilizar/ativar os jovens da comunidade para
realização do Oasis Training, selecionar a Escola e os parceiros locais.

*Etapa 2 – Olhar, Afeto e Sonho*

O objetivo desta etapa é sensibilizar e introduzir o participante a prática
das disciplinas do Olhar, Afeto e Sonho por meio da experiência vivencial
nas seguintes atividades: oficina Comum-unidades; mapeamento dos talentos e recursos locais; encontro comunitário.

*Etapa 3 – Cuidado, Milagre (Ação Mutirão) e Celebração*

O objetivo desta etapa é exercitar e empreender soluções criativas que
mobilizem um número variado de pessoas para a construção de um sonho comum a partir da vivência das disciplinas do Cuidado, Milagre e Celebração. As atividades previstas são: encontro comunitário para projetação do sonho,
campanha de mobilização de recursos, mão na massa para construção do sonho coletivo e celebração.

*Etapa 4 – Re-Evolução*

O objetivo desta etapa é avaliar, planejar e fortalecer a rede de parceiros
para realização dos sonhos futuros, formar um grupo gestor e definir desafios coletivos para cada subgrupo a partir de uma conversa de futuro e
momento de planejamento.

(Fonte:  Bruna Hercog/ Programa Conjunto da ONU “Segurança com Cidadania”).




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página