09.02.2018 - UNESCO Office in Brasilia

UNESCO pede cobertura midiática mais justa para atletas femininas

Enquanto milhões de pessoas ao redor do mundo voltam as atenções para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Pyeongchang, o Dia Mundial do Rádio (WRD), comemorado em 13/02/2018, é dedicado ao tema “Rádio e Esportes”. Nesta ocasião, a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, pede uma cobertura midiática mais equilibrada para as atletas femininas.

“A luta pela igualdade entre homens e mulheres é crucial para nosso trabalho,” disse a diretora-geral da UNESCO Audrey Azoulay. “Apenas 4% do conteúdo midiático esportivo é dedicado aos esportes femininos. Apenas 12% das notícias esportivas são apresentadas por mulheres.”

A UNESCO lamenta igualmente os comentários estereotipados que circulam nas mídias, frequentemente focados na aparência física das atletas ou em seu status familiar e até mesmo atribuindo o mérito de suas conquistas a seus orientadores e treinadores homens. 

Nesse contexto, a UNESCO lança uma campanha de conscientização, colocando à disposição das rádios de todo o mundo uma série de spots motivadores que denunciam as diferenças de tratamento midiático entre atletas mulheres e atletas homens. Inspirados por uma variedade de momentos esportivos reais e produzidos pela agência criativa BETC, os spots chamam atenção para estereótipos amplamente difundidos, assim como a falta de créditos e reconhecimento à qual muitas atletas femininas estão sujeitas.  

Encontre o kit rádio aqui. (Inglês: 6 spots, Francês: 6 spots. Duração: 40-50 seg.)

A UNESCO também coletou entrevistas de lendas esportivas e jornalistas esportivos influentes que contribuem para uma diversidade ainda maior, com mais respeito e igualdade entre homens e mulheres, e para iniciativas de paz e desenvolvimento dentro do universo midiático esportivo.

Todo o conteúdo está disponível com direitos livres para estações de rádio e outras mídias para transmissão na ocasião ou próximo ao Dia Mundial do Rádio. Encontre todos os kits de áudio no website do Dia Mundial do Rádio:  www.worldradioday.org (áudio em Inglês, Francês, Árabe, Chinês, Russo e Espanhol).

 

Destaques:

Toda vez que a mídia cobre esportes praticados por mulheres, o fazem de maneira leve, mas queremos que a mídia critique o desempenho. Ser analítico é algo que a mídia e os jornalistas fazem com o lado masculino do jogo.” – Lisa Sthalekar, célebre comentarista de críquete. Encontre o kit rádio aqui.

Algumas críticas chegam até mim. Eles dizem ‘garotas deveriam estar cuidando das casas’ ou ‘garotas deveriam estar cozinhando. O que elas estão fazendo nos esportes na tela?’” – Fazeela Saba, principal jornalista esportiva do Paquistão.  Encontre o kit rádio aqui.

Pela primeira vez na história do nosso país, todos os sul-africanos foram campeões da Copa do Mundo. A mídia teve um papel essencial ao manter todos informados durante esta jornada. E especialmente o rádio, porque nas zonas rurais mais distantes da África do Sul – as townships – as pessoas têm apenas acesso ao rádio. Eles ficavam colados ao rádio ouvindo os jogos e os resultados.” – François Pienaar, lenda do rúgbi sul-africano. Encontre o kit rádio aqui.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página