01.10.2012 - UNESCO Office in Brasilia

Diretora-geral da UNESCO lamenta destruição dos mercados Aleppo, na Síria

A diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, expressou hoje angústia e consternação pelo incêndio que, no final de semana, danificou severamente os mercados antigos na cidade síria de Aleppo, Patrimônio Mundial da Humanidade. Ela também lembrou todas as partes das obrigações do país, que é signatário da Convenção de Haia para a Proteção dos Bens Culturais em caso de Conflito Armado, de 1954.

"A Síria é um dos signatários da Convenção de Haia de 1954 sobre a proteção da propriedade cultural durante os conflitos armados. E, como tal, é obrigada a fazer todos os esforços para preservar seu patrimônio das devastações da guerra. "

"Peço a todas as forças presentes que façam tudo que puderem para salvar esses monumentos da história humana, que tanto contribuíram para o crescimento e a prosperidade da Síria e que, sem dúvida, serão de vital importância para a reconstrução do país", disse Bokova.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página