20.07.2018 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da UNESCO para o Dia Internacional de Conservação do Ecossistema de Mangues

Mensagem de Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional de Conservação do Ecossistema de Mangues, 26 de julho de 2018

Os mangues, localizados em regiões tropicais onde a terra e o mar se encontram, formam ecossistemas únicos, cujos benefícios para os seres humanos, o meio ambiente e a biodiversidade são consideráveis.

Os mangues constituem uma proteção contra tempestades, tsunamis e o aumento do nível do mar. Eles impedem a erosão da costa, regulam a qualidade da água costeira, mantêm áreas de pesca e contribuem para melhorar a segurança alimentar de muitas comunidades costeiras. Eles também fornecem um habitat para espécies marinhas em perigo. Além disso, seus mecanismos naturais para armazenar o carbono da atmosfera, conhecidos como “sumidouros de carbono azul”, que realizam o sequestro de carbono, auxiliam a mitigar os efeitos dos distúrbios climáticos ao longo das costas.

Porém, atualmente, o ecossistema de mangues está seriamente ameaçado. Estima-se que, em 40 anos, a cobertura global de mangues foi reduzida pela metade, em grande parte como resultado do desenvolvimento costeiro.

Por meio de suas reservas da biosfera e de seus geoparques, que incluem manguezais em várias partes do mundo, como os Sundarbans, entre a Índia e Bangladesh, um dos maiores manguezais do planeta, a UNESCO trabalha de forma ativa para acumular conhecimento sobre esse ecossistema único, assim como para melhorar sua gestão e preservação. Esse compromisso também tem como objetivo aprofundar o desenvolvimento sustentável em comunidades indígenas e promover o papel das mulheres, que estão no cerne da economia local.

A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO é sobretudo uma parte interessada em um grande projeto mundial, a Iniciativa Carbono Azul (Blue Carbon Initiative), realizada em conjunto com a ONG Conservation International e com a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). A finalidade da Iniciativa consiste em combater os efeitos da mudança climática e ela trabalha pela conservação, pela proteção, pela restauração e pelo uso sustentável dos ecossistemas costeiros e marinhos, como foco nos mangues, nos pântanos de maré e nos prados marinhos.

Este Dia Internacional de Conservação do Ecossistema de Mangues é um convite para renovar os nossos esforços para apoiar a preservação de um ecossistema que é essencial para o nosso planeta e para seus habitantes. O compromisso do Equador, país responsável pela iniciativa do Dia Internacional e que está realizando um trabalho excepcional na Reserva da Biosfera do Arquipélago de Colón (Galápagos), deve ser uma fonte de inspiração. 




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página