01.12.2017 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da UNESCO para o do Dia Internacional das Pessoas com Deficiências

Mensagem de Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional das Pessoas com Deficiências, 3 de dezembro de 2017

“Quando você tem uma deficiência, saber que você não é definido por ela é o mais doce dos sentimentos” – Anne Wafula Strike, atleta paralímpica em cadeira de rodas.

Este é o significado do Dia Internacional das Pessoas com Deficiências, defender os direitos humanos e a dignidade de todas as mulheres e de todos os homens, além de capacitá-los para tornarem-se no que desejarem, independentemente de suas deficiências.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável promete “não deixar ninguém para trás” -- porque o desenvolvimento não será sustentável se não for inclusivo, e porque o progresso faz pouco sentido se não for compartilhado. Os direitos e as preocupações das pessoas com deficiência devem estar no centro de todos os esforços para impulsionar a resiliência de sociedades diante da mudança e das pressões a ela impostas e permitir a cada uma e a cada um tirar o melhor proveito.

As pessoas com deficiência estão nas linhas de frente de um mundo que se transforma rapidamente e de sociedades em plena mutação, e são especialmente vulneráveis aos impactos das crises humanitárias e dos desafios ambientais. Esta situação não pode continuar. Devemos considerar as pessoas com deficiência em todas as tomadas de decisões e em políticas. Devemos fazer tudo para levar adiante o Marco Sendai 2015 para a Redução do Risco de Desastres, a Carta de 2016 sobre a Inclusão de Pessoas com Deficiência em Ação Humanitária, bem como a Nova Agenda Urbana, trabalhando com todos os governos e parceiros, para proporcionar autonomia às pessoas com deficiência em todas as circunstâncias.

A UNESCO continuará atuando em todos os setores. Isso começa com a educação inclusiva, liderando o Marco de Educação 2030, fazendo uso do Guia da UNESCO para Assegurar Inclusão e Igualdade em Educação para reforçar os sistemas educacionais que proporcionam oportunidades para todos. Isto inclui assegurar a todos o acesso à informação, especialmente para aproveitar o poder das novas tecnologias de informação e comunicação. Isto também admite apoiar a criatividade e os direitos culturais de pessoas com deficiência, e assegurar sua plena participação no esporte e na educação física.

Neste dia, a mensagem da UNESCO é clara. Construir sociedades sustentáveis e resilientes requer a inclusão, a participação e a autonomia de cada mulher e cada homem, incluindo pessoas com deficiência. Esta é uma questão de igualdade de direitos e de dignidade. Além disso, trata-se de um futuro melhor que buscamos construir para todos.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página