17.12.2018 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da UNESCO para o Dia Internacional dos Migrantes

Mensagem de Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional dos Migrantes, 18 de dezembro de 2018

Existem em torno de 258 milhões de migrantes em todo o mundo. Muitos deles buscam novas oportunidades de trabalho e educação. Outros se deslocam porque não têm escolha a não ser fugir da guerra e da perseguição, ou escapar dos círculos viciosos de pobreza, insegurança alimentar e degradação ambiental. As evidências mostram de forma cabal que os migrantes produzem benefícios econômicos, sociais e culturais para todas as sociedades. Infelizmente, com a ascensão de um discurso intolerante mais amplo, as hostilidades direcionadas a migrantes estão aumentando em todo o mundo.

A recente aprovação do Pacto Global sobre Refugiados e do Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular, que são complementares entre si, é uma mensagem forte sobre a intenção dos Estados-membros da ONU de abordar essa questão em suas dimensões mundiais e de trabalhar junto para uma governança da migração global holística e com base em direitos humanos.

A UNESCO está firmemente comprometida em apoiar os esforços de seus Estados-membros para tornar realidade os compromissos desses Pactos Globais, por meio das ciências, da educação, da comunicação e da cultura.

A educação é uma primeira e importante resposta. Este ano, o Relatório de Monitoramento Global da Educação (Relatório GEM) da UNESCO apresentou novas recomendações sobre como integrar plenamente migrantes, refugiados e pessoas deslocadas nos sistemas educacionais. A UNESCO também desenvolve respostas educacionais para crises humanitárias, facilita o reconhecimento de qualificações através das fronteiras e apoia a educação para a cidadania global como instrumento da solidariedade internacional.

Por meio de nossa Coalizão Internacional de Cidades Inclusivas e Sustentáveis (ICCAR), nós nos esforçamos para assegurar a inclusão de migrantes e refugiados nas comunidades, apoiando autoridades locais no planejamento de políticas e serviços de acolhimento. Nós também trabalhamos com profissionais da mídia para modificar narrativas negativas sobre as migrações, bem como para aproveitar o poder da cultura para celebrar a nossa humanidade compartilhada, onde quer que estejamos no mundo.

Este ano, o Dia Internacional dos Migrantes coincide com a celebração do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Vamos fazer desta uma oportunidade para relembrar o mundo sobre o fato de que as pessoas que se deslocam também devem poder desfrutar de seus direitos básicos.

Para mensagem original em inglês, por favor, clique aqui.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página