18.12.2017 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da UNESCO para o Dia Mundial da Língua Árabe

Mensagem de Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Mundial da Língua Árabe, 18 de dezembro de 2017

A língua árabe é um pilar da diversidade cultural da humanidade. Ela é uma das línguas mais faladas no mundo, usada diariamente por mais de 290 milhões de pessoas.  

Na diversidade de suas formas, clássica ou dialetal, da expressão oral à caligrafia poética, a língua árabe contribuiu com o surgimento de uma estética fascinante em áreas como arquitetura, poesia, filosofia e música. Ela permite o acesso a uma incrível variedade de identidades e crenças, e sua história revela a riqueza de suas ligações com outras línguas. O árabe desempenhou um papel determinante no conhecimento em geral, promovendo a disseminação das ciências e das filosofias gregas e romanas à Europa da Renascença. Ela propiciou o diálogo de culturas ao longo das rotas da seda, da costa da Índia ao Chifre da África.

A UNESCO apoia artistas, criadores, pesquisadores, jornalistas e, particularmente, as mulheres que promovem essa língua, como a lendária Uum Kulthum, ou a contemporânea Emel Mathlouthi, cuja música “Kelmti Horra” (“Minha palavra é livre”), expressa as aspirações universais por paz e liberdade. A UNESCO tem o objetivo de mobilizar a língua árabe como um instrumento para a dignidade e a igualdade, assim como para a emancipação e a equidade entre homens e mulheres.

Por ocasião deste dia, a UNESCO está organizando uma série de eventos, concertos e discussões na sua sede em Paris e pelo mundo, para estimular a pesquisa linguística e o desenvolvimento dos dicionários em árabe, para enfatizar os laços entre a língua árabe e as ciências, e o potencial de novas tecnologias para a disseminação e a aprendizagem dessa bela língua.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página