01.04.2014 - Natural Sciences Sector

Cenário sobre a acidificação do oceano: novo recurso online

Screenshot of ocean-acidification.net

Novo site foi lançado para reunir online os dados e recursos mais atuais sobre o oceano: infográficos, publicações, informações históricas, apresentações e notícias. O site é dedicado a pesquisadores, gestores de políticas e público em geral.

A acidez do oceano já aumentou 26% desde o começo da industrialização, porque parte do dióxido de carbono lançado na atmosfera é absorvido pelo oceano, provocando reações químicas que reduzem o pH da água do mar. Esse processo é conhecido como acidificação ou também chamado de “o outro problema do gás carbônico”, referindo-se ao aumento de temperaturas da água. A acidificação do oceano é um fenômeno complexo e é difícil observar seus impactos:  isolar esse fenômeno de outros fatores que afetam o oceano é um desafio. No entanto, impactos econômicos já têm sido observados, por exemplo, o aumento no índice de mortalidade de larvas de ostras em incubadoras na costa oeste dos Estados Unidos está reduzindo sua produtividade.

A acidificação prejudica o oceano como um todo, mesmo em áreas com pouca ou nenhuma influência antropogênica, como o Ártico.  O novo site foi criado para conscientizar, apresentar o fenômeno e mostrar os desafios relacionados à Acidificação do Oceano, e recebe a colaboração de varias instituições pioneiras, que estão trabalhando juntas para aumentar o conhecimento e facilitar a cooperação internacional nesta área. O site foi desenvolvido pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI-UNESCO), o Programa Internacional Geosfera-Biosfera (IGBP), o Comitê Científico de Pesquisa Oceânica (SCOR) e o Centro de Coordenação Internacional de Acidificação do Oceano (OA-ICC), operacionalizado pelos Laboratórios Ambientais da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA), em Mônaco.

Entre os recursos publicados no site está o último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática (IPCC). O relatório, intitulado Climate Change 2014: Impacts, Adaptation, and Vulnerability, do Grupo de Trabalho II do IPCC, afirma que os efeitos da mudança climática já estão ocorrendo em todos os continentes e em todo o oceano. Explica que a acidificação do oceano atua junto com as mudanças mundiais (por exemplo, aquecimento global, diminuição de níveis de oxigênio) e com as mudanças locais (por exemplo, poluição e eutrofização). Efeitos simultâneos, como o aquecimento e a acidificação dos oceanos, podem levar a impactos interativos, complexos e amplificados para espécies e ecossistemas.

A característica marcante dos impactos observados é que eles estão ocorrendo dos trópicos para os polos, das pequenas ilhas para os grandes continentes e dos países mais ricos para os mais pobres.

A acidificação do oceano em números
40%: o aumento dos níveis de dióxido de carbono atmosférico (CO2) desde o início da Revolução Industrial.
26%: o aumento da acidez do oceano desde os níveis pré-industriais até hoje.
24 milhões: o número de toneladas de CO2 que o oceano absorve todos os dias.
10 vezes: o atual índice de acidificação é 10 vezes mais rápido dos últimos 55 milhões de anos.

Links relacionados:




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página