Programa Informação para Todos (IFAP)

© UNESCO

O Programa Informação para Todos (Information for All Programme – IFAP) é um programa intergovernamental da UNESCO bastante original, estabelecido em 2001. Por meio do IFAP, os membros governamentais e seus parceiros prometem aproveitar as novas oportunidades da era da informação para criar sociedades equitativas por meio de um melhor acesso à informação.

A última década testemunhou o desenvolvimento tecnológico em uma escala e uma rapidez sem precedentes na história da humanidade. Um dos maiores desafios que o mundo enfrenta atualmente é garantir acesso igualitário para todas as pessoas, e aproveitar e beneficiar-se totalmente dessas novas oportunidades. O IFAP é a resposta da UNESCO às expectativas de seus Estados-membros para construir e sustentar Sociedades do Conhecimento.


O Programa é conduzido para planejar e implementar suas ações por um Conselho Intergovernamental composto por 26 Estados-membros da UNESCO, que são eleitos pela Conferência Geral da Organização. O funcionamento do Conselho é financiado pelo orçamento regular da UNESCO. O Conselho dirige o planejamento e a implementação do programa ao considerar as propostas relevantes, recomendando linhas de ação amplas, avaliando suas realizações, encorajando a participação dos Estados-membros e apoiando esforços de arrecadação de recursos. O Conselho Intergovernamental elege um bureau composto por oito membros: um presidente, três vice-presidentes, três membros e um rapporteur.
 
Objetivos

Para alcançar o mandato do IFAP, o Conselho Intergovernamental decidiu que o Programa concentre seus esforços em seis objetivos estratégicos:

  • Integrar as políticas da sociedade do conhecimento nos planos nacionais de desenvolvimento para o desenvolvimento sustentável.
  • Promover sociedades de informação alfabetizadas.
  • Promover e ampliar o acesso ao conhecimento e à informação de domínio público por meio da organização, digitalização, disseminação e preservação de conteúdo e dados.
  • Conscientizar sobre questões éticas relativas à informação.
  • Aumentar oportunidade para as comunidades desfavorecidas ao fornecer acesso à informação e ao conhecimento.
  • Reforçar a promoção e o uso do multilinguismo no ciberespaço.

Prioridades

O principal objetivo do IFAP é ajudar os Estados-membros da UNESCO a desenvolverem e implementarem políticas nacionais de informação e estratégias de conhecimento em um mundo que usa cada vez mais as tecnologias de informação e comunicação (TIC). Para alcançar esse objetivo, o Programa concentra seus esforços as seis áreas prioritárias listadas acima.

Voltar ao topo da página