Bibliotecas e arquivos

© Flickr/Marcio Cabral de Moura
Biblioteca Nacional - Rio de Janeiro, Brasil

As bibliotecas e os arquivos são componentes essenciais para estratégias que visam a promover o acesso à informação, tanto para o público em geral quanto para grupos especializados. Desde a sua criação, a UNESCO apoia o fortalecimento desses tipos de serviço.

O desenvolvimento das tecnologias de informação, particularmente da internet, vem criando um ambiente completamente novo, que torna necessário realizar uma ampla revisão do papel dos serviços tradicionais de informação. O potencial das redes, da cooperação e da digitalização modificam substancialmente as funções de adquirir, arquivar e disseminar a informação e o conhecimento. Atenção especial deve ser dedicada aos países menos desenvolvidos, para que não fiquem excluídos nos avanços tecnológicos.

Programas Internacionais

A UNESCO estabeleceu o Programa Memória do Mundo (Memory of the World Programme) em 1992. O ímpeto teve origem no aumento da conscientização sobre a condição lamentável de preservação e acesso ao patrimônio documental em várias partes do mundo. A visão do Programa Memória do Mundo é a de que o patrimônio documental mundial pertence a todos e deve ser completamente preservado e protegido por todos, além disso, com o devido reconhecimento e respeito por hábitos e práticas culturais, ele deve ser permanentemente acessível a todos, sem obstáculos.

Em 21 de abril de 2009, a UNESCO e 32 instituições parceiras lançaram a Biblioteca Digital Mundial (World Digital Library), um site que  abriga materiais culturais de bibliotecas e arquivos do mundo todo. O site inclui manuscritos, mapas, obras raras, filmes, áudios, impressos e fotografias. Ele provê acesso público, irrestrito e gratuito a esse material.

A UNESCO promove o fluxo livre de todas as formas de conhecimento sobre educação, ciência, cultura e comunicação. As bibliotecas sempre fizeram parte do trabalho da Organização na promoção do acesso universal ao conhecimento.

  • A UNESCO é especialmente comprometida em apoiar a Biblioteca Mundial Digital para que ela se expanda e cresça mundialmente, e promova a educação, a pesquisa e a intercâmbio de ideias e conhecimentos por meio da melhoria e do aumento da disponibilidade de conteúdos na internet.
  • Os esforços da UNESCO se concentram em fortalecer o poder do conhecimento e da informação para promover o desenvolvimento e evitar a exclusão do conhecimento, o que se refere às falhas existentes nos quatro pilares das sociedades do conhecimento, que são: criação de conhecimento; preservação de conhecimento; compartilhamento de conhecimento; e aplicação de conhecimento. As bibliotecas, especialmente as digitais, estão verdadeiramente no cerne das sociedades do conhecimento, pois elas oferecemàs pessoas o acesso, o compartilhamento e a aplicação do conhecimento.
Voltar ao topo da página