Mensagem da Oxfam Internacional

Desafiando estereótipos de gênero na mídia vietnamita para catalisar mudança social

A mídia de massa é um dos canais mais poderosos de comunicação para atingir a população do Vietnam. Um estudo recente descobriu que 86% das casas vietnamitas assistem a canais de TV mundanos. A Voz do Vietnam (Voice of Viet Nam) tem uma cobertura ampla que atinge 90% do território nacional. As agências de mídia estão moldando o desenvolvimento da sociedade vietnamita. O fornecimento de informação e a geração de conhecimento ajudam a criar crenças entre muitos grupos sociais, tanto urbanos quando rurais, no Vietnam. Sugere-se que as pessoas acreditem prontamente no que leem e escutam nas fontes de mídia. A mídia é importante para as pessoas expressarem suas queixas e preocupações, e atinge os gestores de política e a academia, além do público em geral.

No entanto, por meio desse poder, a mídia frequentemente cria e reforça normas sociais negativas que mantêm a mulher em um papel inferior na sociedade. Estereotipar e estigmatizar gênero é comum em quase todos os produtos de mídia que são vistos e que atingem milhões de pessoas receptoras dessas informações todos os dias no Vietnam. Os estudos conduzidos pela Oxfam e pelo Centro de Estudos e Ciências Aplicadas em Gênero, Família, Mulheres e Adolescentes (Center for Studies and Applied Sciences in Gender – Family - Women and Adolescents – CSAGA) revelam que o estereótipo e o estigma de gênero aparecem significativamente em quase todos os produtos de mídia, nos quais os homens são sempre considerados fortes, decisivos, melhores na política e na economia e exercem papéis importantes de liderança e pensamento crítico, enquanto as mulheres são representadas como gentis, responsáveis pelos cuidados com as crianças e participam das atividades domésticas e sociais em posições de renda não muito altas.

A Oxfam e o CSAGA implementam um projeto plurianual, Desafiando Estereótipos de Gênero na Mídia Vietnamita para Catalisar Mudança Social, desde 2008. O projeto visa a buscar mudanças observáveis nas questões concernentes a gênero e direitos de mulheres na mídia, resultando em mudanças de atitudes e crenças das pessoas em relação a gênero com as seguintes produções:

• Líderes/gestores de agências reguladoras de mídia no Vietnam e agências líderes de mídia com claras estratégias, planos de ação efetivos e mecanismos de monitoramento para garantir sensibilidade às questões de gênero; Agências líderes de mídia vietnamitas tornam-se pioneiras no aumento de cobertura e qualidade de produtos de mídia, desafiando os estereótipos de gênero e promovendo os direitos das mulheres;
• Jornalistas (incluindo futuros jornalistas) são sensíveis a gênero, com nenhum estereótipo de gênero nos seus produtos de mídia;
• O público-alvo dos programas líderes de mídia compreendem que estereótipos de gênero e discriminações são errados, que direitos das mulheres são direitos humanos, e que a violência contra as mulheres é uma violação aos direitos humanos.

A abordagem do projeto é trabalhar de perto com as agências governamentais reguladoras de mídia (como o Departamento Central de Propaganda e Treinamento, Comitê de Assuntos Sociais da Assembleia Nacional, Ministério do Trabalho, dos Inválidos e Assuntos Sociais, Ministério de Informação e Comunicação) e agências líderes de mídia (como a Voz do Vietnam, Televisão do Vietnam, e alguns outros jornais online e impressos) para promover o papel da mídia vietnamita na melhoria da desigualdade de gênero e desafiando os estereótipos em seus próprios trabalhos e por meio se deles, conscientizando um público mais amplo sobre essas questões; além disso, o projeto tem colaborado com algumas universidades, como a Academia de Jornalismo e Comunicação, a Universidade de Ciências Sociais (Faculdade de Jornalismo e Comunicação) e a Universidade Nacional de Educação de Hanoi para melhorar a capacitação em comunicação sensível a gênero para estudantes, os futuros jornalistas.

Os estereótipos de gênero continuam a existir na mídia em muitas partes do mundo. O Fórum Global em Mídia e Gênero será um grande evento para vários beneficiários e outras partes interessadas para reunirem-se para aprender e compartilhar. A Oxfam gostaria de compartilhar no evento o que temos de experiência tanto em oportunidades como em desafios com este projeto em relação à promoção de papeis de monitoramento e gestão de mídia, administração de agências na redução de estereótipos de gênero na mídia; influenciando mudanças na conscientização, atitude e comportamento de jornalistas/líderes de mídia; melhorando a conscientização sobre a igualdade de gênero e comunicação sensível a gênero para professores e estudantes de jornalismo nas universidades.

Voltar ao topo da página