Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento

@ UNESCO/ Diego Ponce de Leon -
Fitinhas tradicionais na Bahia enfeitam Igreja do Senhor do Bonfim em Salvador

Todos os anos, em 21 de maio, o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento celebra a riqueza das culturas do mundo e seu papel essencial do diálogo intercultural para alcançar a paz e o desenvolvimento sustentável. A Assembleia das Nações Unidas declarou este como Dia Mundial pela primeira vez em 2002, logo após a aprovação da Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural da UNESCO de 2001 (2001 Universal Declaration on Cultural Diversity), ao reconhecer a necessidade de “melhorar o potencial da cultura como um meio para se alcançar a prosperidade, o desenvolvimento sustentável e a coexistência pacífica mundial”.  

O Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento é de grande importância devido à aprovação pelas Nações Unidas da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015, e devido à  Resolution A/C.2/70/L.59 sobre Cultura e Desenvolvimento Sustentável, aprovada pela Assembleia Geral em dezembro de 2015. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) terão mais chances de serem alcançados se considerarem o potencial criativo das diversas culturas do mundo, bem como se engajarem em diálogos contínuos para assegurar que todos os membros da sociedade se beneficiem do desenvolvimento sustentável. 

O Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento é uma ocasião para promover a cultura e destacar a importância de sua diversidade como um agente de inclusão e mudança positiva. Representa uma oportunidade para celebrar desde as múltiplas formas de cultura, tanto material como imaterial, até as indústrias criativas e a diversidade das expressões culturais, de forma a refletir sobre como isso contribui para o diálogo, a compreensão mútua e os vetores sociais, ambientais e econômicos de desenvolvimento sustentável.

Leia mais:

Voltar ao topo da página