Ensino Médio no Brasil

© UNESCO/Nelson Muchagata
Ensino médio no Brasil

A proporção de jovens brasileiros que se encontra no ensino médio na idade própria é mais que o dobro da existente em 1995, mostrando expressivo avanço no acesso à educação secundária.

Desde 1997, as ações voltadas à implementação da reforma do ensino médio no país. Nesse processo, apóia o desenvolvimento de políticas públicas que possam de fato contribuir para a melhoria do sistema educacional de ensino médio, por meio de pesquisas, publicações, promoção de debates e acordos de cooperação técnica.

A UNESCO tem procurado sensibilizar o governo brasileiro sobre a necessidade de diversificar estruturas e expandir a oferta do Ensino Médio, inclusive por meio de:

  • uso das Tecnologias de Comunicação e Informação (TICs)
  • valorização da profissão docente 
  • formação de profissionais de educação competentes e atualizados
  • inclusão de temas transversais no currículo escolar com ênfase nos valores éticos e cívicos, como os princípios e conceitos dos direitos humanos, ética, filosofia e sustentabilidade.
  • o desenvolvimento de mecanismos permanentes de participação dos alunos e da comunidade escolar na discussão do processo de avaliação da escola, do trabalho pedagógico e de seus resultados

Estes enfoques indicam que o mais importante é ter uma educação básica de boa qualidade, que permita um processo de aprendizagem permanente, ao longo de toda a vida.

Voltar ao topo da página