Educação de jovens e adultos e a UNESCO

"No marco da aprendizagem ao longo da vida, a alfabetização faz parte do direito à educação, ela está no cerne da educação básica e é um alicerce indispensável da aprendizagem independente. Os benefícios da alfabetização, principalmente para mulheres, são bem documentados. Eles incluem maior participação no mercado de trabalho, retardamento do matrimônio, melhor saúde e melhor alimentação familiar e da criança; isso, por sua vez, ajuda a reduzir a pobreza e a expandir as oportunidades de vida. Habilidades básicas em matemática também são habilidades essenciais: manipular números, contas, medidas, proporções e quantidades é básico à vida e necessário em qualquer lugar" (Declaração de Incheon). 

No entanto, ainda há cerca de 758 milhões de adultos, incluindo 115 milhões de pessoas com idades entre 15 e 24 anos, que não são capazes de ler ou escrever uma simples frase. A maioria dos países não alcançou a meta da Educação para Todos, de atingir 50% de melhoria nos níveis de alfabetização de adultos até 2015.

Gênero 

“A desigualdade na forma de financiar e valorizar a educação e a qualificação de mulheres continua a ser uma questão dominante. A maioria dos excluídos das escolas é formada por meninas:9,7% das meninas de todo o mundo estão fora da escola, comparado a 8,3% dos meninos. Da mesma forma, a maioria (63%) dos adultos com baixas habilidades de alfabetização é composta por mulheres. No entanto, existem alguns sinais de esperança: em 44% dos países participantes, as mulheres participaram mais da aprendizagem e da educação de adultos do que os homens” (GRALE III). 

Lançamento do GRALE III na América Latina e Caribe

© UNESCO-UIL

O lançamento do 3º Relatório Global sobre Aprendizagem e Educação de Adultos (GRALE III) para a região da América Latina e Caribe (LAC) ocorrerá em Brasília, Brasil, no dia 15 de fevereiro de 2017, durante um seminário que lançará o relatório em português e apresentará o panorama da Aprendizagem e Educação de adultos no mundo, com ênfase na região da LAC e no Brasil.

O seminário conta com cooperação e a participação de representantes do Instituto da UNESCO para a Aprendizagem ao Longo da Vida (UIL), do Escritório Regional da UNESCO para a América Latina e Caribe (OREALC), do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e do Ministério da Educação (MEC). 

O encontro foi organizado pelo Escritório da UNESCO no Brasil em parceria com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do Ministério da Educação do Brasil, responsável pela Política de Educação de Jovens e Adultos no Brasil que, na ocasião, apresentará o novo ciclo do Programa Nacional “Brasil Alfabetizado. 

O público-alvo serão os gestores públicos, nomeadamente ministros e secretários de educação, do Brasil e da América Latina e Caribe. 

SOBRE O GRALE III

Mais sobre o relatório GRALE III

Download do relatório:

GRALE III: inglês | francês | português

GRALE III - mensagens principais e resumo executivo: inglês | francês | espanhol | português

Voltar ao topo da página
t3test.com