Você sabia? Titanic agora é protegido pela UNESCO

O Titanic, este luxuoso e legendário transatlântico que afundou em 1912 depois de bater em um iceberg, foi procurado em vão durante muitos anos. Em 1985 o Titanic foi finalmente localizado.

Cem anos depois do naufrágio, os destroços passam a beneficiar da protecção da Convenção da UNESCO para a Protecção do Património cultural subaquático.

A Convenção aplica-se a todos os vestígios da existência humana com caráter cultural, histórico ou arqueológico que estejam submersos por pelo menos 100 anos. Assim, 15 de abril de 2012 marca o momento em que os destroços do Titanic serão protegidos ao abrigo da Convenção.

Os vestígios do Titanic encontram-se a cerca de 4.000 metros de profundidade ao largo da Terra Nova. Os destroços estão em águas internacionais e nenhum Estado pode reivindicar a jurisdição exclusiva do local.

A partir de agora, os Estados que ratificaram a Convenção poderão proibir a destruição, a pilhagem, a venda e a dispersão dos objetos encontrados no local. Podem tomar todas as medidas ao seu alcance para proteger os destroços e permitir que os restos humanos encontrados no interior sejam tratados de forma digna.

Mais informações - click version espanhol o ingles