Ruínas submersas, estabelecimentos humanos e seus contextos

Inúmeros vestígios de civilizações antigas encontram-se atualmente no fundo do mar. Em geral, estes vestígios foram submersos devido à fatores como terremotos, inundações, desprendimentos e erosões. Mas também existem casos de edifícios construídos em baixo d’água, como, atualmente, os Kampong na Malásia.

Ruínas

Algumas das ruínas submersas têm grande importância. Enquanto Atlantida segue sendo apenas uma lenda, foram descobertos reais vestígios arqueológicos subaquáticos do tamanho da cidade de Pompéia. Algumas ruínas subaquáticas são vestígios dos primeiros assentamentos humanos em uma região, visto que algumas  correspondem aos edifícios construídos no apogeu de grandes civilizações antigas.

Exemplos de ruínas submersas :

  •  Os vestígios do Farol de Alexandria e o palácio de Cleópatra na baía de Alexandria.
  • Algumas partes do complexo de Mahabalipuram (Índia), que compreende o Patrimônio mundial; 
  • Dwarka (India), onde se encontram os restos de um porto antigo, templos e assentamentos erguidos entre os anos 1500 e 1400 a.c.;
  • Porto Real (Jamaica), destruído por um terremoto em 1692; 
  • Os vestígios de Santa Fe la Vieja, na Argentina;

A fortificação de Bulverket em Gotland (Suécia), uma fortificação construída no ano 1130 a.c. que se encontra no fundo de um lago.

Vestígios de assentamentos da idade da pedra.

Alguns vestígios de assentamentos pré-históricos podem testemunhar sobre o estilo de vida há milhares de anos. Frequentemente são encontrados nesses sítios objetos em cerâmica, barcos e artefatos em madeira. 

Alguns sítios pré-históricos :

  • Dinamarca, onde vestígios 20 000 vestígios de estabelecimentos da idade da pedra foram localizados na costa. Como por exemplo em Tybrind Vig e Ronaes Skov, em Fjord Gamborg; 
  • Em Marmotta (Itália), onde foram descobertos vestígios de estabelecimentos submersos datando de 5700 anos a.c., abandonados por volta de 5200 anos a.c.
  • No Mar Negro, onde existem ainda estabelecimentos mesolíticos com mais de 7000 anos.

Vestígios de moradias construídas em lagos e em rios

Numerosos vestígios de habitações construídas em pequenas ilhas naturais ou articiais ou contruídas dentro da água (como a cidade de Veneza) foram descobertos :

  • Vestígios de moradias antigas no lago de Zurich e de Constance;
  • Os Crannogs na Irlanda e na Escócia;  
  • Habitações medievais em La Colletière (França), situadas a bordo de um lago.;
  • Estabelecimentos fluviais perto de Pompéia (Itália)

Sítios Religiosos

Foram encontrados numerosos vestígios de sítios religiosos antigos relacionados com a água, por exemplo :

  • Os restos de antigos lagos e canais sagrados da Florida e da Grécia;
  • Os sítios “Holme1” e “Holme 2”, descobertos ao longo da costa do Condado Inglês de Norfolk (Inglaterra), constituindo um verdadeiro “Stonehenge” marinho. Estes sítios consistem em cículos de madeira periodicamente submersos de troncos de carvalhos rachados formando uma área circular.