20.06.2012 - UNESCO Office in Brasilia

Campanha “O Futuro é Verde e Azul” mobiliza participantes da Rio+20

© UNESCO/André Lima

A campanha “O Futuro é Verde e Azul” (em inglês “The Future is Green & Blue”) tomou conta das ruas do Rio de Janeiro, cidade Sede da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Desde o desembarque no Aeroporto Internacional do Galeão ou no Santos Dumont até o Riocentro, local do encontro oficial, passando pelas ruas que levam aos eventos paralelos, os participantes da Rio+20 podem apreciar as peças de mídia e o mobiliário urbano que enfeitam a cidade com as mensagens da Campanha. À noite, o Cristo Redentor, um dos pontos turísticos mais conhecidos do Rio, ilumina o céu com as cores verde e azul.

O impacto da Campanha pode ser sentido da zona Sul aos bairros da periferia carioca. Cartazes, tótens, painéis em bancas de revistas e projeção de luzes nos Arcos da Lapa, região histórica do Rio, além da iluminação no Corcovado, lembram o compromisso da UNESCO com o desenvolvimento sustentável e com o respeito aos direitos humanos e à natureza, valorizando o caminho da educação.

Marco Antonio de Carvalho, 25 anos, ator, estudante de Cinema e assistente de direção em programas do Canal GNT, foi um dos transeuntes curiosos que acessaram o QR Code que remete para a página da Campanha na web e dá acesso a vídeos gravados pelos artistas brasileiros Rodrigo Santoro, Alice Braga e MV Bill. Em frente a um painel que destacava a frase “We want to preserve our oceans” (“Nós queremos preservar os oceanos”), Marco Antonio refletia sobre a poluição das praias cariocas e o descuido com rios que, no passado, eram  fonte de água limpa.

“Essa campanha é importante porque, com o crescimento populacional de cidades como o Rio, é preciso frisar a preocupação com o verde”,  observou. Sobre a situação das águas na cidade, o ator lembrou que na zona Sul, onde a maioria das delegações estrangeiras da Rio+20 estão hospedadas, há graves problemas ambientais como a ocupação de morros, antes abrigados pela Mata Atlântica, e o lançamento de esgotos nas praias e em alguns cursos d’água.

A campanha, criada pela Agência África, foi focada em três pilares de ações da UNESCO: a Preservação dos Oceanos, a Educação para o Desenvolvimento Sustentável e o Estilo de Vida Sustentável. As peças impressas remetem à integração entre o azul e o verde com frases objetivas e bem claras: "Eu quero preservar nossos oceanos", "Eu quero uma sociedade sustentável" e "Eu quero uma educação de qualidade". O diferencial são as imagens de rostos e mãos que ilustram as peças e foram criadas a partir de um mosaico de inúmeras plantas.

Mais informações sobre a Campanha “O Futuro é Verde e Azul”




<- Back to:
Voltar ao topo da página