17.06.2012 - UNESCO Office in Brasilia

Oceanos em foco na Rio+20

As preparações para a Rio+20 identificaram os oceanos como uma das sete áreas que necessitam de atenção prioritária. O grande comparecimento e a participação ativa de lideranças e instituições em eventos sobre oceanos no Rio demonstram que a comunidade oceânica está unida, com a preocupação conjunta de que os oceanos não são suficientemente considerados como prioridade no contexto de sustentabilidade.

O primeiro ponto de discussão sobre governança oceânica na Rio+20 ocorreu em evento paralelo do Fórum sobre Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável, em 12 de junho, cujo enfoque foi em Ciência e Governança para Sustentabilidade Global. Os painelistas e o público pediram mais e novas pesquisas, inclusive em ciências sociais, para que sejam totalmente compreendidos e avaliados os impactos da mudança global nos oceanos. Fazendo menção que a governança atual continua fragmentada, assim como as linhas setorial e geográfica que ignoram a interconectividade e a escala das questões relativas aos oceanos, eles reconhecerem que há necessidade urgente para um quadro internacional para cooperação para pesquisa e governança em oceanos, que definirá as condições para que cientistas apontem cenários precisos para o futuro.

O Dia Mundial dos Oceanos do Fórum Global dos Oceanos na Rio+20 reuniu mais de 375 interessados de 46 países e todos os setores na Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, em 16 de junho de 2012, para destacar a importância dos oceanos, das costas e dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PESD) para o desenvolvimento sustentável. O Dia Mundial dos Oceanos na Rio+20 também destacou 12 compromissos tangíveis para os oceanos, as costas e os PESD.

Os co-presidentes do Dia Mundial dos Oceanos — Biliana Cicin-Sain, presidente do Fórum Global sobre Oceanos, Tuiloma Neroni Slade, secretário-geral do Secretariado do Fórum das Ilhas do Pacífico, e Wendy Watson Wright, secretária executiva da Comissão Oceanográfica Intergovernamental (UNESCO-IOC)— lançaram a Rio Ocean Declaration (pdf).

A Parceria Global para Oceanos foi lançada oficialmente durante o Dia Mundial dos Oceanos, com 80 países, grupos da sociedade civil, empresas privadas e organizações internacionais – incluindo a UNESCO –, sinalizando seu comprometimento com o trabalho em conjunto para metas coordenadas para restaurar a saúde dos oceanos e a sua produtividade por meio dessa parceria.
Entre os parceiros, estão 17 empresas e associações privadas, incluindo algumas das maiores empresas pesqueiras no mundo, representando mais de seis bilhões de dólares por anos em vendas de frutos do mar, assim como uma das maiores linhas de cruzeiros do mundo.

Wendy Watson Wright enfatizou que existe um foco sem precedentes nos oceanos na Rio+20, graças à mobilização da comunidade oceânica, mas também à crescente conscientização entre formadores de políticas de que questões relativas aos oceanos, como a acidificação dos oceanos, são hoje um dos mais importantes desafios não apenas relacionados aos oceanos, mas a todo o planeta.

“Não se pode ter boas políticas sem bons serviços e não se pode ter boa ciência sem boa observação”, ela afirmou, clamando por um mecanismo para observação global da acidificação dos oceanos. Ela também manifestou a esperança de haver maior ênfase em ciência para sustentar tomadas de decisão e mais ênfase na necessidade de assistir países em desenvolvimento em termos de construir capacidades e transferência de tecnologia marinha.

A UNESCO-IOC comprometeu-se de forma voluntária na Rio+20 para coordenar uma avaliação global e regional sobre as necessidades de capacitação de desenvolvimento no campo da pesquisa científica marinha e observação oceânica em países em desenvolvimento e PESD, levando à formulação e à implementação de uma estratégia de desenvolvimento de capacidade global para preencher lacunas identificadas.

Esse compromisso será apresentado por Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, durante o evento paralelo <a jquery1340379033562="49" target="_blank" href="pt/rio-20/single-view/news/becoming_ocean_citizens/">Conheça Nossos Oceanos, Proteja Nossos Tesouros Marinhos, Empodere Nossos Cidadãos Oceânicos</a>, em 20 de junho de 2012, onde um painel de alta reputação discutirá e apresentará várias iniciativas que apoiam as metas relativas a oceanos na Rio+20, levando ao uso sustentável dos oceanos.

Links relacionados:




<- Back to:
Voltar ao topo da página