Les voix de la jeunesse et l'avenir de l'intelligence artificielle

Lançamento da Aliança

Lançamento da Parceria Global por uma Cultura de Paz e Não Violência

A Bienal de Luanda tem como objetivo criar uma Aliança de parceiros comprometidos que contribuem para a promoção da cultura de paz na África em torno de uma causa comum: o futuro do continente africano. Concebida como a principal ferramenta para criar uma parceria multiparticipativa e intersetorial, a Aliança de Parceiros por uma Cultura de Paz apoia a ampliação das iniciativas emblemáticas que se provaram bem-sucedidas no âmbito local ou no sub-regional da África.

O lançamento da Aliança de Parceiros ocorre no dia de encerramento da Bienal de Luanda (30 de novembro), quando também foram apresentadas as iniciativas emblemáticas desenvolvidas ao longo dos Fóruns Temáticos e de Melhores Práticas. Por fim, na cerimônia de encerramento foram aprovados uma Declaração conjunta e um roteiro para a implementação dessas iniciativas emblemáticas.

O Lançamento da Parceria Global por uma Cultura de Paz e Não Violência

Ilustrações ao vivo das sessões de parceria pelo Cartoonista Aster!
Aster
A Bienal de Luanda é:
  • Um momento privilegiado que reúne atores e parceiros envolvidos na prevenção da violência e de conflitos, na construção da paz e em dar voz às mulheres e aos jovens africanos;
  • Uma plataforma que promove a diversidade cultural e a unidade africana, com a participação das diásporas de todo o mundo; e
  • Uma parceria de múltiplos stakeholders entre os governos, a sociedade civil, as comunidades artística e científica, o setor privado e as organizações internacionais.
UNESCO
"Nós devemos, como um continente, ter todos os atores trabalhando juntos, para realmente silenciar as armas até 2025. Como afirmou a UNESCO, as guerras começam nas mentes dos seres humanos, e é também nas mentes dos seres humanos que deve ser construída a defesa da paz."
Exmo. Sr. Bankole Adeoye Comissário de Assuntos Políticos, Paz e Segurança da Comissão da União Africana (AUC)

Sessões Virtuais da Parceria

Durante as sessões virtuais e privadas, os parceiros e as personalidades apresentaram seus projetos e melhores práticas em torno dos 4 temas da Bienal:

  1. A contribuição das artes, da cultura e do patrimônio para a paz;
  2. Envolvimento de jovens como atores de transformações sociais para a prevenção de conflitos e o desenvolvimento sustentável;
  3. A África frente a conflitos, crises e desigualdades; e
  4. Aproveitamento do potencial dos oceanos para o desenvolvimento sustentável e a paz