Notícia

Dia Mundial do Rádio

O Dia Mundial do Rádio é comemorado anualmente no dia 13 de fevereiro. Esta data foi escolhida e oficializada em 2011 pela UNESCO, em homenagem à primeira transmissão de um programa da Rádio das Nações Unidas em 1946, realizada para 6 países. O Dia tem como objetivo homenagear as emissoras, os comunicadores e seus ouvintes. Neste ano, o tema da 13ª edição do Dia Mundial do Rádio é “Rádio e Confiança”, ressaltando a importância do rádio como um dos meios mais confiáveis e utilizados no mundo. 

Confiança é uma das palavras que define o rádio, em diversas pesquisas o veículo é apontado como o meio que possui maior credibilidade pela população. A proximidade das emissoras e comunicadores na transmissão da informação de forma instantânea cria um vínculo direto com o ouvinte. O rádio faz parte do cotidiano das pessoas, especialmente em um país continental como o Brasil, tornando-se um companheiro de todas as horas e um importante meio de informação, entretenimento e uma poderosa ferramenta de combate às notícias falsas. 

As notícias falsas têm prestado um grande desserviço no enfrentamento à pandemia. Diversas mortes por Covid-19 ocorreram pela crença em tratamentos ineficazes e pela negação à vacina. Em tempos de pandemia em que a notícia, correta e confiável pode salvar vidas, a atuação multiplataforma das rádios e seu alcance tornam o rádio um importante aliado no combate às notícias falsas. 

O rádio é uma arena para diversas vozes se manifestarem, serem representadas e ouvidas de modo democrático. As estações de rádios oferecem uma ampla variedade de programas, de conteúdo e pontos de vista refletindo a diversidade de seu público. O rádio tem acompanhado a evolução tecnológica, permanecendo inclusivo e representativo, considerando a sua capilaridade e a natureza dos serviços de comunicação de caráter local que prestam ao bairro ou comunidade atendida. As rádios comunitárias e educativas são instrumentos importantes que respondem facilmente ao apelo do público por diversidade na redação e no conteúdo editorial. 

Um público informado, com competências de Alfabetização Mediática e Informacional – AMI, também é necessário, para que os ouvintes descubram, consumam e respondam criticamente ao conteúdo que ouvem. Cada vez mais, as emissoras de rádio estão incluindo programas de alfabetização midiática e informacional em sua programação, de modo que seus ouvintes possam apreciar as informações e as notícias de qualidade que as rádios lhe oferecem. 
 

A 13ª edição do Dia Mundial do Rádio sob o tema Rádio e Confiança também discute os seguintes subtemas: 

 

Confiança no rádio jornalismo  

Produção de conteúdo independente e de qualidade  

Respeito aos padrões éticos do jornalismo tornou-se um desafio na atual era digital. No entanto, para manter ou aumentar a confiança dos ouvintes, o jornalismo deve continuar a se basear em oferecer informações confiáveis e de interesse público. 

 

Confiança e Acessibilidade 

Cuidando e atendendo ao seu público  

Alcançar públicos específicos, significa atender às necessidades informacionais de cada ouvinte. O rádio pode ser um catalisador para inclusão, diversidade e participação social. As plataformas de rádio digital oferecem recursos inovadores para acessibilidade, com legendas automatizadas para ouvintes cegos e disponibilidade de seu conteúdo em libras. 

 

Confiança e Viabilidade das emissoras de rádio  

Como o rádio pode sobreviver a crise financeira que atinge o mercado de mídia? Como transformar o engajamento do público fiel em sustentabilidade financeira?  

A sobrevivência econômica das emissoras de rádio depende da sua capacidade de reter uma base de ouvintes leais e da interação dos ouvintes ser incorporada de modo rentável em seus modelos de negócios. 

 

Para mais informações sobre o Dia Mundial do Rádio e para acessar conteúdo relativo a este assunto, clique aqui (disponível em inglês, espanhol e francês).

 

Para mais informações sobre o Dia Mundial do Rádio e para acessar conteúdo relativo a este assunto, clique aqui (disponível em inglês, espanhol e francês).