08.02.2013 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem da diretora-geral da UNESCO para o Dia Mundial do Rádio

13 de fevereiro de 2013

O Dia Mundial do Rádio celebra um meio que transformou nossa maneira de nos comunicarmos e que permanece na linha de frente do século XXI. Em 18 de dezembro de 2012, a Assembleia das Nações Unidas sancionou a resolução de 2011 adotada pela Conferência Geral da UNESCO proclamando dia 13 de fevereiro o Dia Mundial do Rádio, data em que a Rádio das Nações Unidas foi criada em 1946.

O nascimento do rádio no século XIX anunciou a era moderna da comunicação. O mundo mudou dramaticamente desde então, mas o rádio mal envelheceu. Ele permanece amplamente acessível, relativamente barato e muito simples de usar. Ainda é o meio capaz de levar qualquer mensagem a qualquer lugar em qualquer tempo – mesmo sem eletricidade. Em situações de conflito e desastre natural, o rádio de ondas curtas fornece uma linha de informação que pode salvar vidas.

O rádio abraçou a revolução digital para expandir seu poder e seu alcance. Em todo o mundo, o custo de difusão está diminuindo e o número de estações de rádio está aumentando. Cidadãos jornalistas e imprensa comunitária estão utilizando estações de rádio na web para dar voz àqueles que raramente são ouvidos. Mais do que nunca, o rádio permanece uma força de mudança social, por compartilhar conhecimento e fornecer uma plataforma para o debate inclusivo.

Em um mundo que está em rápida mudança, a UNESCO compromete-se em aproveitar todo o poder do rádio de construir pontes de entendimento entre povos, de compartilhar informação o mais amplamente possível e aprofundar o respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais, especialmente a liberdade de expressão. Isso é essencial para uma boa governança, para sociedades abertas e para o desenvolvimento sustentável.

É por isso que a UNESCO trabalha em prol da segurança de radiojornalistas em todo o mundo e de uma imprensa livre, independente e plural, juntamente com os enquadramentos legais e as instituições democráticas necessárias.

A UNESCO também está determinada em usar ao máximo as estações de rádio comunitárias para abordar a pobreza e a exclusão social em nível local e empoderar grupos rurais marginalizados, jovens e mulheres. O rádio é a plataforma chave para a educação sobre e a proteção de culturas e idiomas locais. Também é um meio poderoso de amplificar as vozes dos jovens em todo o mundo sobre as questões que afetam suas vidas. Devemos alimentar suas capacidades e lhes dar oportunidades de engajar-se totalmente com o rádio.

O rádio transformou nosso passado – ele permanece uma força poderosa de formação de um futuro mais pacífico, mais sustentável e mais inclusivo para todos. Essa é a mensagem da UNESCO para o Dia Mundial do Rádio.

 




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página