14.11.2014 - UNESCO Office in Brasilia

Mensagem para o Dia Internacional da Tolerância

Mensagem de Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional da Tolerância, 16 de novembro de 2014.

A tolerância é um princípio fundamental da vida em sociedade, que decorre naturalmente do respeito pelos direitos humanos e da dignidade humana. É um princípio que nunca foi tão relevante como agora e está sob séria ameaça. A diversidade cultural hoje é alvo de grupos extremistas que procuram impor sua visão sectária ao mundo, e as minorias são perseguidas, tornando-se vítimas de tentativas de "limpeza cultural". Dentro das sociedades, as crises econômicas e sociais são, por vezes, usadas como pretexto para culpar e rejeitar os outros. Em resposta a esses desafios, devemos reafirmar com determinação a necessidade de tolerância, lembrando que cada cultura é digna de respeito e que nenhuma crença merece o ódio ou o desprezo dos outros.

Esta mensagem é central para toda a ação da UNESCO, orientada pela convicção de que a paz duradoura deve ser construída nas mentes de homens e mulheres, por meio do estímulo aos princípios da tolerância e do respeito mútuo por meio da educação, do diálogo entre culturas e da cooperação intelectual. Em um mundo globalizado, não é mais suficiente viver lado a lado, em indiferença passiva – tolerância requer vigilância ativa, renovada a cada dia, contra a xenofobia, a discriminação e o ódio. Aprendemos, por meio da tolerância, a conciliar os direitos universais que nos unem com a diversidade que nos fornece tanta coisa, bem como a ver que precisamos dos outros, em toda a sua diversidade, para que possamos ser totalmente nós mesmos.

Mais do que palavras, a tolerância é um comportamento que também é aprendido em sala de aula. Ela toma a forma de abertura para a diversidade de culturas e crenças, e respeito à liberdade de expressão e opinião, enraizada nos direitos humanos. Esse é o espírito da Década Internacional para a Aproximação das Culturas (2013-2022), para a qual a UNESCO é a agência líder no Sistema das Nações Unidas. Esse também é o objetivo do Prêmio UNESCO-Madanjeet Singh para a Promoção da Tolerância e da Não Violência, concedido este ano a dois ativistas dos direitos humanos – Ibrahim Ag Idbaltanat (Mali) e M. Francisco Javier Estévez Valencia (Chile).
A UNESCO está comprometida com a promoção da tolerância por meio de seus programas educacionais e culturais, da Coalizão Internacional de Cidades contra o Racismo, da mobilização dos jovens e da educação para a cidadania global. Por ocasião deste dia internacional, clamo a todos os Estados-membros e aos parceiros da UNESCO a reafirmarem o poder de transformação da tolerância, como uma força para o diálogo e a paz.




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página