20.06.2017 - UNESCO Office in Brasilia

A história por trás do rosto de cada migrante e refugiado

A diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, juntamente com o reitor da Universidade das Nações Unidas (UNU) e presidente do Grupo Mundial sobre Migração (GMM), David Malone, abriu a conferência The Human Face of Migration: Historical Perspectives, Testimonies and Policy Considerations (A Face Humana da Migração: Perspectivas Históricas, Testemunhos e Considerações Políticas) na Sede da UNESCO em Paris, no dia 15 de junho de 2017.

Em seu discurso de abertura, Irina Bokova destacou a centralidade da mobilidade humana no debate político, assim como advertiu contra o ódio a “outros” e o medo da diversidade nas sociedades. Por meio da estigmatização, homens e mulheres não são mais vistos como indivíduos, mas passam a ser percebidos como parte de um “fluxo” desestabilizador. Por trás do rosto de cada migrante e refugiado, existe uma história individual, em muitos casos histórias de tragédia e dificuldade, as quais devem ser transformadas em histórias de esperança. 

“Ao deixar seus países de origem, muitos migrantes e refugiados tiveram suspensos seus direitos como cidadãos nacionais – mas não deixaram para trás seus direitos como seres humanos, sua dignidade inerente. É por isso que a atual crise migratória e de refugiados deve ser vista como uma oportunidade de fortalecer a humanidade que todos nós compartilhamos e a dignidade que desejamos”, disse a diretora-geral. 

É nesse espírito de cooperação e solidariedade que a UNESCO, a Fundação Marianna V. Vardinoyannis e a Coalizão Europeia de Cidades contra o Racismo (European Coalition of Cities against Racism – ECCAR) – uma das sete coalizões regionais e nacionais da plataforma da Coalizão Internacional de Cidades Inclusivas e Sustentáveis (International Coalition of Inclusive and Sustainable Cities – ICCAR) da UNESCO – juntaram forças em uma parceria pela iniciativa Cidades Acolhedoras para Refugiados: Promover a Inclusão e Proteger Direitos (Welcoming Cities for Refugees: Promoting Inclusion and Protecting Rights). Essa iniciativa foi lançada na Sede da UNESCO em 2016. A publicação intitulada Cities Welcoming Refugees and Migrants é o primeiro resultado prático dessa parceria. 

Saiba mais:

Contato: Konstantinos Tararas, SHS.inclusion-rights@unesco.org 




<- Back to: Visão Exclusiva do Conteúdo Dinâmico
Voltar ao topo da página