Igualdade de gênero

©CC-BY-SA-2.0/gbaku

A UNESCO considera a igualdade de gênero um direito humano fundamental, um elemento essencial na construção da justiça social e uma necessidade econômica.

É um fator essencial para se alcançar todos os Objetivos de Desenvolvimento acordados internacionalmente, bem como um objetivo em si mesmo.

A UNESCO tem trabalhado em todas as suas áreas de mandato para promover a igualdade de gênero e os direitos e o empoderamento da mulher. A igualdade de gênero tem sido uma das duas prioridades globais da UNESCO desde 2008. A prioridade global da igualdade de gênero da UNESCO é implementada por meio de ações baseadas em resultados tanto entre seu secretariado como entre seus Estados-membros e uma ampla gama de parceiros.

Aprenda mais sobre a igualdade de gênero e sua designação como uma prioridade global da UNESCO. (em inglês)

Dia Internacional da Mulher

© UNESCO

O Dia Internacional da Mulher é uma celebração mundial dedicada a todas as mulheres de todos os lugares.

É um convite a todos para se unirem e refletirem sobre as lições aprendidas e também para impulsionar ainda mais a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as meninas e mulheres.

É um dia para se comemorar com alegria os atos extraordinários das mulheres e manter a força da união para promover a igualdade de gênero em todo o mundo. 

Em 2018, o tema das Nações Unidas para o Dia Internacional da Mulher  é “A hora é agora: ativistas rurais e urbanas transformando a vida das mulheres”, que ecoa o tema prioritário da 62ª sessão da Comissão das Nações Unidas sobre a Situação da Mulher (62nd session of the UN Commission on the Status of Women). 

As Nações Unidas prestará atenção nos direitos e no ativismo de mulheres rurais, que compreendem mais de um quarto da população mundial e a maioria dos 43% das mulheres no total da força de trabalho agrícola mundial. 

As mulheres rurais e suas organizações representam um enorme potencial e estão se mobilizando para reivindicar seus Direitos para melhorar seus meios de subsistência e bem-estar.

Voltar ao topo da página